Loading...

Política

Marcelo só falará sobre lei da eutanásia “quando diploma chegar a Belém”

O Presidente já fez saber que as convicções pessoais não vão ter peso no juízo final

O Presidente da República insiste que só se pronuncia sobre a nova lei da eutanásia quando o diploma chegar a Belém, o que espera que aconteça até ao final do ano. A votação do diploma está marcada para a próxima semana.

Depois de três pedidos de adiamento, o último feito pelo Chega devido a uma alteração de última hora, a votação do texto final da nova lei da eutanásia está agendada para quarta-feira e deverá ser votada em plenário na sexta.

Pelo caminho, André Ventura foi a Belém pedir ao Presidente que vete o diploma. Mas Marcelo volta a dizer: “Só me pronuncio depois”.

Marcelo já enviou uma vez o diploma para o Tribunal Constitucional, que travou a lei, e já fez um veto político por encontrar contradições. Vai analisá-la agora pela terceira vez e, por várias vezes, já garantiu que as convicções pessoais não se vão atravessar no juízo final.

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: clubeexpresso@expresso.impresa.pt

+ Vídeo
+ Vistas