Política

Passos Coelho no Pontal para apoiar Montenegro

14 agosto 2022 20:26

Eunice Lourenço

Eunice Lourenço

Editora de Política

filipe farinha

Ex-líder participa no regresso do PSD à sua festa tradicional de verão. Á chegada disse que está "retirado" da ação política e que só está no Pontal para dar apoio a Montenegro que, acredita, virá a ser primeiro-ministro

14 agosto 2022 20:26

Eunice Lourenço

Eunice Lourenço

Editora de Política

É a surpresa mais esperada e mais bem guardada. Pedro Passos Coelho, ex-líder do PSD e ex-primeiro-ministro, já chegou a Quarteira para a Festa do Pontal, que marca a rentrée do partido.

"Vim cá apenas para assinalar, neste novo ciclo, o meu desejo que este novo esforço que está a ser feito pelo Luís Montenegro de união do partido possa vir a ser colocado ao serviço do país, que é aquilo que nos interessa porque os partidos existem para ser úteis à sociedade"disse Passos Coelho, em declarações aos jornalistas, à chegada. "Portugal vai precisar de um governo diferente daquele que temos", acrescentou, manifestando " uma enorme confiança que a liderança do PSD está à altura desse desafio."

O antigo primeiro-ministro quis, contudo, deixar claro que esta é uma participação política especial e não é para repetir. "Venho à festa do Pontal porque é uma festa muito especial", disse. "Não vim para fazer grandes declarações. Vim dar um abraço ao Luís Montenegro. Uma pessoa bem preparada e competente. Que tenho confiança que será o próximo primeiro-ministro", acrescentou Passos.

Enquanto falava aos jornalistas, uma militante entusiasmada disse-lhe que queria que ele fosse o próximo Presidente da República. Mas Pedro Passos Coelho respondeu: "Isto tem um carácter excepcional porque continuo retirado da ação politica."

Passos Coelho foi recebido pelo secretário-geral, Hugo Soares, com quem entrou no recinto e ness trajeto andou a tirar selfies com participantes da festa social-democrata.

filipe farinha

Já depois de Passos chegar, chegou o atual presidente do PSD e sentaram-se lado a lado na mesma mesa em que também estavam o líder parlamentar, Joaquim Miranda Sarmento, e o presidente do PSD Algarve, Cristóvão Norte.

Este ano, a festa marca o regresso a Quarteira ao fim de cinco anos, mas sobretudo a estreia de Luís Montenegro como presidente do PSD nesta tradicional organização do PSD-Algarve. Na última vez que esta festa aconteceu no Calçadão de Quarteira era Passos ainda líder do partido,