Política

Em Lisboa, PSD contra PSD sobre obras para vinda do Papa

23 julho 2022 10:54

Carlos Moedas

andré kosters/lusa

Autarca vai tentar ‘emendar a mão’. PSD votou contra PSD em proposta de quase €10 milhões em obras para vinda do Papa

23 julho 2022 10:54

Foi uma surpresa geral na última reunião da Assembleia Municipal de Lisboa (AML). Chamados a votar uma proposta que tinha sido apresentada, e aprovada uma semana antes, por Carlos Moedas na câmara, os deputados municipais do PSD abstiveram-se. E assim ajudaram a chumbar um projeto que de outra forma passaria, já que o PS, que poderia travá-lo votando contra, optou também pela abstenção (com exceção de Ricardo Marques).

Em causa uma proposta com dezenas de aditamentos aos contratos-programa celebrados pela câmara com a empresa municipal de obras de Lisboa, a SRU — Sociedade de Reabilitação Urbana. Um deles diz respeito às obras para as Jornadas Mundiais da Juventude, que vão trazer o Papa Francisco a Portugal e para as quais se espera a vinda de milhares de jovens fiéis. No anexo do 3º aditamento ao segundo contrato-mandato prevê-se para 2023 um custo aproximado de €10 milhões na empreitada para o evento, divididos por projeto, obra, fiscalização e uma coluna para “diversos e imprevistos”. Um plano que assim foi travado — por agora.