Opinião

Se Sousa Tavares tivesse razão, Portugal não existia (nem a Irlanda, nem a Noruega, nem a Polónia)

14 março 2022 11:06

No argumento de Sousa Tavares, Zelensky devia simplesmente render-se e aceitar o inevitável em vez de lutar por aquilo que Sousa Tavares dá por garantido: paz, tranquilidade, democracia. Como é que os progressistas do século XX, como Sousa Tavares, se transformaram tão rapidamente nos relativistas do século XXI? E há uma coisa que o materialismo de Sousa Tavares não compreende. A História não é feita só de estruturas, há variáveis qualitativas que contam: a vontade, o amor pela pátria e pela liberdade

14 março 2022 11:06

Na edição semanal do "Expresso" de sexta-feira, Miguel Sousa Tavares escreveu um argumento de um filme que está completamente desfasado da realidade. Uma coisa é rejeitar as redes sociais, outra é rejeitar a realidade. E Sousa Tavares está desligado da realidade. Sousa Tavares está dentro dos livros do século XIX e XX, isto é, está numa realidade paralela que não existe. Eu também li esses livros, mas convém cruzar os livros com a realidade aqui e agora. Pode parecer estranho, mas Gogol está morto.