Luanda Leaks

Três anos depois, o que é feito dos protagonistas de Luanda Leaks?

19 janeiro 2023 7:05

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

miguel riopa/getty images

A 19 de janeiro de 2020 a investigação Luanda Leaks expôs a forma como Isabel dos Santos construiu o seu império. Passados três anos, os inquéritos judiciais prosseguem, a empresária vive no Dubai e quem com ela trabalhava está a refazer a sua vida

19 janeiro 2023 7:05

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A investigação jornalística Luanda Leaks rebentou há três anos. O projeto do ICIJ, consórcio internacional de jornalistas investigação de que o Expresso faz parte, revelou então, a partir de centenas de milhares de ficheiros, a vasta rede de empresas de Isabel dos Santos, transferências de dinheiro da Sonangol para offshores no Dubai e outras decisões controversas da mulher que, além de filha do presidente angolano, foi líder da petrolífera estatal. Um dos seus homens de confiança deixou a advocacia logo após o Luanda Leaks, mas já regressou ao mercado, em parceria com um antigo sócio de uma multinacional da consultoria e auditoria que trabalhava com Isabel dos Santos.