EUA

Procurador especial investigará documentos confidenciais de Biden

12 janeiro 2023 19:24

Presidente dos EUA, Joe Biden

jonathan ernst/reuters

Biden disse hoje a jornalistas na Casa Branca que está a "cooperar total e completamente" com uma investigação do Departamento de Justiça sobre a descoberta de informações classificadas e registos do Governo na sua casa e num escritório particular que por vezes utilizava como local de trabalho

12 janeiro 2023 19:24

O procurador-geral norte-americano, Merrick Garland, nomeou hoje um procurador especial para investigar a descoberta de documentos confidenciais na residência privada do Presidente, Joe Biden, em Delaware, e num escritório em Washington.

Biden disse hoje a jornalistas na Casa Branca que está a "cooperar total e completamente" com uma investigação do Departamento de Justiça sobre a descoberta de informações classificadas e registos do Governo na sua casa e num escritório particular que por vezes utilizava como local de trabalho.

O Presidente não revelou quando é que este segundo grupo de documentos foi encontrado. Disse apenas que a revisão dos possíveis locais de armazenamento feita pelos seus advogados foi concluída na noite de quarta-feira.

Os advogados encontraram o primeiro conjunto de documentos confidenciais em 2 de novembro, poucos dias antes das eleições intercalares do ano passado, mas só revelaram publicamente essa descoberta na segunda-feira.

O novo líder da Câmara dos Representantes, o republicano Kevin McCarthy, pediu hoje ao Congresso norte-americano a abertura de uma investigação sobre os documentos confidenciais encontrados na residência privada do Presidente do país.

"O Congresso deve investigar este caso", disse McCarthy à imprensa, considerando-o "um novo passo em falso da administração Biden".