Internacional

Brasil: Bolsonaro sequestrou o bicentenário e fez dele dia de campanha

7 setembro 2022 22:33

O Presidente Bolsonaro com Marcelo Rebelo de Sousa no palanque presidencial

andressa anholete/getty images

Bolsonaro disse que em outubro vencerá mais uma etapa do bem contra o mal. Os apoiantes exaltaram a sua potência sexual e houve momentos de puro constrangimento ao longo do dia, que deveria ter sido em primeiro lugar de comemoração do bicentenário

7 setembro 2022 22:33

Os dois candidatos favoritos na corrida presidencial de outubro comemoraram o bicentenário da Independência de forma antagónica: silenciosa e estridente. Lula da Silva tirou o dia para descansar, depois de mandar uma mensagem no horário de propaganda política sobre a importância da data. Não teve nenhuma aparição pública. Bolsonaro, que vinha convocando a população para ocupar as ruas desde julho, sequestrou a importância histórica do bicentenário e a transformou num palanque eleitoral.