Internacional

Mais um tiroteio nos EUA: pelo menos quatro mortos num centro hospitalar em Tulsa

2 junho 2022 7:23

A resposta policial a um tiroteio em Tulsa, Oklahoma, dia 1 de junho, num hospital

j pat carter

Capitão da polícia fala de “cena catastrófica” no complexo hospitalar do estado norte-americano do Oklahoma. Tiroteio ocorreu uma semana depois de um jovem de 18 anos ter matado 19 estudantes e duas professoras numa escola primária em Uvalde, no Texas

2 junho 2022 7:23

Pelo menos quatro pessoas morreram na quarta-feira num tiroteio num centro hospitalar de Tulsa, no estado norte-americano do Oklahoma, adiantou a polícia local.

O capitão da polícia Richard Meulenberg confirmou o número de mortos, adiantando que o atirador também estava morto. “Os agentes estão neste momento a passar por todos os quartos do edifício à procura de outras ameaças”, disse a polícia numa publicação na rede social Facebook. “Sabemos que há vários feridos e, potencialmente, várias vítimas [mortais], acrescentou.

Meulenberg também indicou que várias pessoas ficaram feridas e que o ambiente do complexo hospitalar era uma “cena catastrófica”.

O Hospital St. Francis Health System encerrou o 'campus' devido à situação no centro hospitalar Natalie Medical Building, que abriga um centro de cirurgia de ambulatório e um centro de saúde da mama.

Dezenas de carros da polícia podiam ser vistos do lado de fora do complexo, e as autoridades fecharam a circulação ao trânsito enquanto prosseguia a investigação. Um centro de reunificação e apoio às famílias foi montado numa escola próxima.

Agentes do Departamento de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos norte-americano também estiveram no local, disse um porta-voz.

Este tiroteio ocorreu uma semana depois de um jovem de 18 anos ter matado 19 estudantes e duas professoras numa escola primária em Uvalde, no Texas.