Internacional

Filho de Bolsonaro explica algumas das credenciais que justificam nomeação para embaixador nos EUA: “Já fritei hambúrgueres lá”

12 julho 2019 17:56

patrick mcmullan

“Tem tudo para dar certo”, diz Eduardo Bolsonaro

12 julho 2019 17:56

O nome de Eduardo Bolsonaro, deputado e filho do Presidente do Brasil, está em cima da mesa para o cargo de embaixador nos Estados Unidos. Esta sexta-feira, depois de um encontro com Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores e personalidade favorável a esta nomeação, Eduardo Bolsonaro falou sobre as suas valências para assumir o papel.

O deputado federal do PSL-SP disse estar apto a trabalhar em Washington porque tem estado envolvido como presidente da Comissão de Relações Internacionais da Câmara dos Deputados, conta a “Folha de São Paulo”. E disse mais: “Tenho uma vivência pelo mundo. Já fiz intercâmbio, fritei hambúrguer lá nos Estados Unidos, no frio do Maine, Estado que faz fronteira com o Canadá. No frio do Colorado, numa montanha lá, aprimorei o meu inglês. Vi como é o trato receptivo do norte-americano para com os brasileiros. Então, acho que é um trabalho que pode ser desenvolvido. Certamente, precisaria de contar com a ajuda dos colegas do Itamaraty [Ministério das Relações Exteriores], dos diplomatas, porque vai ser um desafio grande. Mas tem tudo para dar certo”, garantiu esta sexta-feira.

Segundo Eduardo Bolsonaro, Ernesto Araújo, o ministro das Relações Exteriores, aprovou a sua ida para Washington. “Expressou apoio ao meu nome por ocasião de possível indicação para a embaixada dos EUA.”

Bolsonaro filho revelou ainda que vai encontrar-se com Bolsonaro pai, o Presidente do Brasil, até domingo para acertar detalhes.