Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

“El Chapo” considerado culpado de todos os crimes de que foi acusado. Pode passar o resto da vida na prisão

A violência entre gangues mexicanos tem vindo a aumentar desde a captura de "El Chapo", líder do cartel de Sinaloa, em 2016.

ALFREDO ESTRELLA/GETTY

Um dos maiores traficantes de droga da História foi considerado culpado de todos os crimes dos quais era acusado. Os detalhes grotestos partilhados por pessoas perto da sua imensa rede de tráfico foram determinantes

O júri deliberou por cerca de 34 horas, ao longo de seis dias, antes de chegar a um veredicto. Joaquín "El Chapo" Guzmán, líder de um dos mais temidos cartéis de droga do mundo, o Sinaloa, foi esta terça-feira considerado culpado de todos os crimes dos quais era acusado. A lista é extensa (10 crimes no total) e incluiu lavagem de dinheiro, tráfico internacional de droga, associação criminosa, uso de armas de fogo, entre outros. "El Chapo" enfrenta a possibilidade de vir a passar o resto da vida na prisão.

A CNN escreve que os membros do júri ouviram cerca de 200 horas de depoimento desde meados de novembro, por parte de quase 60 testemunhas, cujos relatos de torturas e assassinatos formam a principal base da acusação.