Guerra na Ucrânia

O que é o Grupo Wagner e de que forma ajudou a Rússia a construir uma “relação extremamente privilegiada” em África?

14 junho 2022 14:51

Viatura do Grupo Wagner na base de Bangassou, na República Centro-Africana, em 2021

alexis huguet/getty images

Intervenções militares, exploração de recursos naturais, desinformação: são várias as formas de atuação do Grupo Wagner, que se deu a conhecer em 2014, na Ucrânia, onde ainda permanece. A presença em África tem aumentado, a par com o interesse de Vladimir Putin no continente. Em entrevista ao Expresso, a investigadora Joana de Deus Pereira explica o que é esta organização e qual a importância estratégica de África nos planos do Kremlin

14 junho 2022 14:51

Há cerca de oito anos que se ouve falar no Grupo Wagner, uma entidade desde logo difícil de definir: é uma organização paramilitar e também uma empresa privada que presta serviços de segurança, cujos membros são intitulados de mercenários. Os interesses e atuação desta organização espalham-se pelo globo, mas o foco tem estado em África, onde tem vindo a crescer, passando também pela guerra na Ucrânia – e sob orientação da Rússia. Uma ligação que tem sido, no entanto, negada pelo Kremlin.