Transportes

Mercado aéreo está a mexer na Europa: italiana ITA muda de mãos, TAP deve ir a seguir

19 janeiro 2023 12:02

O acordo entre a Lufthansa e a italiana ITA Airways trouxe para ‘cima da mesa’ o assunto da concentração de empresas da aviação e os analistas estão já de olhos postos no futuro da TAP

19 janeiro 2023 12:02

A concentração de empresas da aviação parece ser o próximo passo no mercado aéreo. O mais recente anúncio veio da Lufthansa, que quer comprar parte da ITA Airways, mas os analistas também estão com olhos postos no futuro da TAP.

Segundo a “Reuters”, a Lufthansa ofereceu-se para comprar parte da ITA Airways e Alex Irving, analista da Bernstein, diz que "este pode ser o próximo passo na consolidação das companhias aéreas europeias", citando o exemplo da TAP. A própria Lufthansa disse, no anúncio, que estão concentrados neste negócio, mas que monitorizam “de perto a consolidação no mercado aéreo europeu”.

Como o Expresso noticiou em dezembro, três grandes grupos de aviação estão interessados na TAP: Lufthansa, Air France/KLM e Iberia/British Airways - sendo que o interessa da Iberia (companhia aérea espanhola) na TAP não é de agora.

Já o presidente executivo da Ryanair, Michael O'Leary é mais taxativo, e considerou, esta semana, que a TAP deveria acabar nas mãos, parcialmente ou não, do International Airlines Group, o grupo que detém a British Airways e a Iberia, entre outras companhias aéreas.

Ainda não se sabe os eventuais moldes de uma privatização, mas o jornal alemão “Handelsblatt” informou que o diretor executivo da Lufthansa, Carsten Spohr, mencionou num evento interno da empresa que a TAP poderia ser uma opção para mais negócios de longa distância com a América do Sul.