Economia

TAP pública contratou mais e paga melhor a diretores do que no tempo dos privados

5 janeiro 2023 23:04

Christine Ourmières-Widener, presidente da TAP

ricardo lopes

Desde a privatização a contratação de diretores tem vindo a aumentar e as remunerações pagas também. A diferença de salários nas novas contratações, feitas já pela atual gestão e sob o domínio público, é significativa face aos valores praticados na gestão dos acionistas privados, o que se explica também pela contratação no exterior

5 janeiro 2023 23:04

Os novos diretores e quadros de topo da TAP, contratados já com a empresa sob controlo do Estado e sob a liderança da presidente Christine Ourmières-Widener, ganham mais do que os demitidos durante a pandemia, sob a pressão do plano de reestruturação, aprovado por Bruxelas, que obrigava a companhia a cortar 25% da massa salarial. Há salários de €14,5 mil brutos, cerca de mais de €2 mil do que na administração anterior.