Economia

Poder de compra do salário mínimo cai pela primeira vez desde 2012

22 dezembro 2022 23:20

malte mueller/getty images

Aumento deste ano não cobre inflação e subida em 2023 não será suficiente para compensar queda. Trabalhadores que recebem retribuição mínima só em 2024 voltam a ganhar poder de compra

22 dezembro 2022 23:20

O salário mínimo nacional (SMN) vai ter este ano a primeira redução em termos reais (descontando a inflação) desde 2012. O aumento de 6% — de €665 para €705 — não chega para compensar a subida dos preços que, estima o Banco de Portugal no Boletim Económico publicado na semana passada, será de 8,1%. Também não chegaria caso a inflação se ficasse pela estimativa do Governo de 7,4% inscrita em outubro no Orçamento do Estado para 2023. Mesmo a subida decidida na semana passada em Conselho de Ministros para €760 em 2023, embora atenue a queda deste ano, não chega para que o SMN regresse ao valor real de 2021.

Este é um artigo do semanário Expresso. Clique AQUI para continuar a ler.