Economia

BCE admite pausa na subida de juros se houver recessão prolongada

24 novembro 2022 13:53

Carlos Esteves

Carlos Esteves

Infográfico

Christine Lagarde travou o ataque especulativo no mercado da dívida, mas Itália e Grécia continuam na zona vermelha

wolfgang rattay/reuters

Se houver uma recessão “suave” em 2023, o Banco Central Europeu continuará a subir a taxa de juro, mas se a recessão for “prolongada e profunda”, os banqueiros do euro poderão “querer fazer uma pausa”

24 novembro 2022 13:53

Carlos Esteves

Carlos Esteves

Infográfico

O Banco Central Europeu (BCE) não recua no aperto da política monetária se se concretizar uma “recessão suave” no horizonte, um cenário que cada vez mais se perfila como “o mais provável”, segundo as atas da última reunião a 26 e 27 de outubro, divulgadas esta quinta-feira. No entanto, se a recessão for prolongada, a abordagem do BCE poderá ser distinta.