Economia

"A Meta não vai ser dona do metaverso", garante gestora da empresa

"A Meta não vai ser dona do metaverso", garante gestora da empresa
DADO RUVIC/REUTERS

A diretora de produto da Meta garantiu que “a Meta não vai ser dona do metaverso, tal como nenhuma empresa possui a Internet". “Vai acontecer com ou sem a Meta”, disse Naomi Gleit na Web Summit

“A Meta não vai ser dona do metaverso, tal como nenhuma empresa possui a Internet", garantiu, esta sexta-feira, a diretora de produto da Meta (dona do Facebook, Instagram, Whatsapp e Messenger).

Naomi Gleit, diretora de produto, acalmou assim as ‘mentes inquietantes’ que temem que a Meta controle o metaverso, tal como controla as redes sociais.

Além de afirmar que não vai possuir o metaverso, a responsável sublinhou ainda que “vai acontecer com ou sem a Meta”, pois afinal, “a tecnologia está sempre a evoluir”.

“Lembro-me de o meu primeiro smartphone ser um Blackberry. Hoje toda a gente na audiência tem um telefone com câmara, alarme, GPS… No futuro esperamos que todos tenham um equipamento de realidade virtual [RV] e, assim, estamos a avançar cada vez mais para termos experiências imersivas”, contou.

A Meta já tem quase 3 mil milhões de pessoas a utilizar os seus produtos todos os dias e Naomi Gleit acredita que “vai continuar assim”. "Por isso mesmo, acho que é importante tornar o metaverso acessível a todos, para conseguir aceder-se através do computador ou telefone, sem ser necessário um dispositivo de RV", afirmou.

Mas se achamos que este novo mundo de tecnologia é para os fãs de videojogos, estamos enganados - é essa a opinião da responsável. “Metaverso não é gaming”, sublinhou, dando como exemplo os filmes que vê em família com os dispositivos de RV, mas também o uso destes equipamentos para educação ou saúde, como é o caso da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, “que usa RV para treinar os seus estudantes de medicina”.

No fundo, para a responsável da Meta, desenvolver o metaverso é “tornar o tempo que passamos online ainda melhor”.

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: rrrosa@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas