Economia

Fenómenos normais e paranormais nos preços grossistas de eletricidade: é o mercado a funcionar?

29 setembro 2022 7:33

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

getty

A 15 de junho o mercado intradiário de eletricidade teve durante quatro horas um preço estratosférico de 1200 euros por MWh e sabe-se agora que a ordem foi dada pela SU Eletricidade, do grupo EDP. E a 28 de agosto Portugal e Espanha tiveram um período anormalmente alto de separação de preços. Eis o que aconteceu

29 setembro 2022 7:33

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

O episódio de 15 de junho de 2022, quando o preço grossista da eletricidade em Portugal atingiu uns pouco habituais 1200 euros por megawatt hora (MWh), durante quatro horas, foi alvo de discussão no Parlamento e o regulador assegurou em julho que estava a analisar o sucedido. Sabe-se hoje, porque entretanto o operador do mercado ibérico libertou mais informação, que a ordem de compra a esse preço fora do normal foi colocada pela SU Eletricidade, o comercializador regulado de energia elétrica em Portugal, controlado pelo grupo EDP.