Economia

Novo presidente da CMVM ganhará menos que administrador que já está em funções

25 setembro 2022 15:14

gettyimages

Lei das Entidades Reguladoras aplica-se a novas indigitações. Laginha de Sousa perderá vencimento

25 setembro 2022 15:14

Os novos membros da administração da Comissão do Mercado de Valores Mobiliá­rios (CMVM), incluindo o novo presidente, terão salários significativamente mais baixos do que o administrador que já está em funções. Uma diferença que poderá estar na casa dos €4 mil mensais e que se confirmará se a toda a nova equipa se aplicar a Lei-Quadro das Entidades Reguladoras.

Ao contrário do Banco de Portugal (BdP), os novos administradores da CMVM e da Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF) têm os seus vencimentos definidos a partir da tabela única dos trabalhadores em funções públicas, pelo que o valor máximo está em torno dos €8255 brutos, a que acrescem 40% de despesas de representação, de €3300, como limita a lei-quadro. Ao todo, são perto de €11.500, antes de impostos.