Economia

Como estão os europeus lidar com o teletrabalho? De forma perigosa, conclui estudo

15 setembro 2022 17:24

getty images

Estudo conduzido em sete países europeus, incluindo Portugal, sinaliza que o teletrabalho fez aumentar o número de horas diárias de trabalho e o volume de tarefas a realizar. Recurso a automedicação, como melatonina ou produtos legais de canábis, dispararam entre os profissionais

15 setembro 2022 17:24

Os dados são, a uma primeira leitura, contraditórios. 28% dos profissionais em teletrabalho referem que a carga de trabalho aumentou e 25,2% sinalizam também um aumento no número de horas trabalhadas. Mas, simultaneamente, admitem que ganharam mais tempo para a família (36%), para a prática de exercício físico (29,4%) e para uma alimentação mais saudável (14,4%). As conclusões constam de um estudo europeu - realizado pela especialista em comunicações empresariais integradas a partir da nuvem Nfon -, em sete países europeus e a mais de sete mil profissionais, sobre os impactos do teletrabalho no bem-estar dos profissionais.