Economia

Cerca de 50 empresas intensivas em gás vão ter apoios de até 2 milhões de euros

12 setembro 2022 7:57

Foto: Getty Images

Cerca de 50 empresas portuguesas intensivas em gás poderão beneficiar de um apoio de até 2 milhões de euros por empresa para mitigar o impacto dos custos deste combustível, avança o Jornal de Negócios

12 setembro 2022 7:57

O Governo vai aprovar uma medida de apoio às empresas intensivas em gás de até 2 milhões de euros, que irá aliviar o custo deste combustível, que renova máximos históricos há mais de um ano, a cerca de 50 empresas portuguesas.

No dia 2 o Dinheiro Vivo já tinha avançado que este apoio à fatura energética da indústria, hoje limitado a 400 mil euros por empresa e por ano, chegaria aos 2 milhões de euros. O Jornal de Negócios confirmou e esta segunda-feira, 12 de setembro, adianta que a medida cobrirá perto de meia centena de beneficiários, incluindo-se no programa de apoio às empresas a ser preparado pelo Executivo e que ainda está em discussão com a Comissão Europeia.

A iniciativa do Governo implica aumentar o limiar de ajuda financeira do programa que já existe, o Apoiar Indústrias Intensivas em Gás, que numa fase inicial abrangerá 20 empresas, mas com potencial para chegar a entre 40 e 50 empresas, principalmente dos setores de cerâmica e vidro, mais intensivos em gás, segundo o jornal.

Depois das medidas de mitigação do impacto da inflação sobre os rendimentos das famílias que foram anunciadas há uma semana, o Governo deverá anunciar esta semana o pacote de medidas de apoio às empresas, afetadas pelas crises das cadeias de abastecimento, do aumento das matérias-primas, e da falta de mão-de-obra.