Economia

Crédito à habitação dispara, salários desvalorizam-se, poupanças rendem pouco mais. Como a subida dos juros mexe no nosso bolso

9 setembro 2022 15:27

ibrahim boran/unsplash

A subida da taxa de juro de referência do Banco Central Europeu tem implicações a diversos níveis e vai mexer (muito) com a carteira das famílias. Prestações mensais ao banco podem agravar-se 221 euros num ano para um crédito de 150 mil euros. O Expresso explica-lhe o que está em causa

9 setembro 2022 15:27

A decisão do Banco Central Europeu (BCE) de subir a sua taxa de juro de referência em 0,75 pontos percentuais - a maior de sempre nos seus 24 anos de vida -, colocando-a em 1,25%, e sinalizando que espera continuar a aumentar os juros nas próximas reuniões, tem muitas implicações para as famílias portuguesas. E não são boas.