Economia

Acordo de rendimentos. A um mês do Orçamento do Estado o tema 'salários' ainda não começou a ser discutido

7 setembro 2022 20:40

mário cruz/lusa

O grupo de trabalho criado para debater as bases do Acordo de Competitividade e Rendimentos que o Governo quer firmar com os parceiros sociais reuniu esta quarta-feira, pela quarta vez. Mas tal como nas primeiras três reuniões, os avanços foram muito poucos

7 setembro 2022 20:40

O tema era prioritário e uma das bandeiras do programa de Governo de António Costa. O Acordo de Competitividade e Rendimentos chegou a ser apontado para estar concluído em julho, acabando adiado para a rentré de setembro. Líderes das confederações empresariais e centrais sindicais têm sinalizado como “determinante” que o acordo seja fechado antes da apresentação do Orçamento do Estado para 2023 (OE2023), até porque algumas medidas a adotar terão necessariamente de ter cabimento orçamental. Porém, a cerca de um mês do prazo limite que o Governo tem para a entrega da proposta de orçamento (10 de outubro), e depois de nova maratona negocial esta quarta-feira, as negociações do acordo ainda nem chegaram à parte mais polémica: a meta de aumentar o salário médio em 20% até 2026.