Economia

Novo Banco admite que Bruxelas pode impor mais cortes de trabalhadores e balcões

30 agosto 2022 7:20

Foto: Getty Images

Reestruturação do Novo Banco ainda está por aprovar pela Comissão Europeia. Banco está convicto de cumprimento, mas cortes adicionais são hipótese. Desde o fim de 2016 já cortou 25% do quadro e 150 agências

30 agosto 2022 7:20

O fantasma de novos cortes de pessoal no Novo Banco não desapareceu. O banco controlado pela Lone Star admite que a Comissão Europeia pode obrigar a mais cortes no número de trabalhadores e de balcões, além das centenas que já executou durante o plano de reestruturação iniciado em 2017. Ainda assim, e apesar do silêncio de Bruxelas, o banco diz que é uma mera hipótese, já que a sua gestão está convicta de que cumpriu todas as metas e que, se essa for a avaliação, não haverá reduções por fazer.