Economia

Projeto europeu é debatido nos Açores. Escola de verão junta 40 jovens a um grupo de 80 personalidades, oradores e moderadores

27 agosto 2022 17:40

yves herman/reuters

A quinta edição da escola de verão, organizada pela Representação Europeia em Portugal, arranca este sábado, num ano em que se comemora os 35 anos do Programa Erasmus Durão Barroso é um dos participantes onde se incluem políticos, académicos, diplomatas, artistas e pescadores

27 agosto 2022 17:40

Serão muito os temas em cima da mesa, na quinta edição da Summer Cemp, uma escola de verãoque se realiza no Ano Europeu da Juventude, e onde se irá discutir desde geoestratégia, geopolítica, passando pela sustentabilidade e as grandes questões das europeias e da atualidade. No final, os quarenta jovens participantes são convidados a refletir e expor o que consideram ser as prioridades para a União Europeia.


Ribeira Grande, na Ilha de São Miguel, a localidade mais jovem do país, foi o local escolhido para realizar o encontro, denominado, do Summer CEmp, e que se prolongará até ao dia 30 de agosto e se fará em articulação com o património cultural e natural local, e onde o mar e a pesca serão protagonistas.

Durante quatro dias, 40 jovens universitários de todo o país, com menos de 30 anos (inclusive), avançam os organizadores do SummerCemp, vão debater de “forma prática e abrangente o projeto europeu”, com conjunto diverso de personalidades. Entre eles estarão Tiago Antunes e Bernardo Ivo Cruz, secretários de Estado dos Assuntos Europeus e da Internacionalização, José Manuel Durão Barroso (ex-presidente da Comissão Europeia e presidente da Aliança Global para as Vacinas – GAVI), Isabel Estrada Carvalhais e Lídia Pereira (eurodeputadas), Tiago Pitta e Cunha (presidente da Fundação Oceano Azul), António Saraiva (presidente da Confederação Indústria de Portugal), Francisco Ferreira (presidente da associação ambientalista Zero). Os participantes são acolhidos pela Representante da Comissão Europeia em Portugal, Sofia Moreira de Sousa.

Haverá cerca de oito dezenas de oradores, moderadores e mentores nas discussões, estando entre eles Ana Paula Zacarias (embaixadora de Portugal nas Nações Unidas), Pedro Lourtie (Representante Permanente de Portugal junto da União Europeia), João Aguiar Machado (embaixador da União Europeia junto da Organização Mundial do Comércio), e Fernando Frutuoso de Melo (chefe da Casa Civil do Presidente da República). E também académicos, jornalistas, pescadores, agricultores, artistas, empreendedores, entre outros perfis diversos.

Este Summer CEmp, tal como nas edições anteriores, e aberto à comunidade local, que é parte ativa do evento. O programa arranca com o Desfile de Bandeiras, no dia 27 de agosto, seguido de diálogos sobre os 35 anos do programa Erasmus na Praça do Emigrante.

Serão quatro dias de “programa intensivo composto por conversas diretas com oradores de alto nível – políticos, jornalistas, empresários, académicos, atletas, artistas, entre outros – e uma variedade de atividades práticas aproveitando os recursos do grupo e da comunidade anfitriã.”, afirmam os programadores do evento.


Os jovens participantes no Summer CEmp são estudantes e têm de frequentar um estabelecimento de ensino superior na União Europeia no ano letivo 2021/2022. A formação na área das relações internacionais, ciência política, assuntos europeus, comunicação e jornalismo é incentivada, mas podem candidatar-se estudantes de qualquer curso e de qualquer grau de ensino superior.

“De todas as candidaturas válidas, é selecionado um grupo heterogéneo de jovens dinâmicos que têm em comum uma grande motivação para discutir e participar no futuro do projeto europeu, tendo em conta o perfil, motivação e contribuição para a diversidade no grupo”, é explicado pela organização. Além de estimular o interesse pela União Europeia, o objetivo é também encontrar futuros líderes.