Economia

Energética alemã Uniper recebe 15 mil milhões de euros de apoio do Estado

22 julho 2022 12:33

nikolay doychinov

A maior importadora de gás russo da Alemanha, a Uniper, recebeu 15 mil milhões de euros de ajudas do Estado. Maior acionista vê participação reduzida a 56%, face aos cerca de 80% que detinha

22 julho 2022 12:33

A Uniper recebeu, esta sexta-feira, 15 mil milhões de euros em garantias e capital, numa tentativa do governo alemão para salvar o importador de gás, que, até ao momento, parece ser a maior vítima da crise energética da Europa.

De acordo com a agência de notícias Reuters, o resgate estatal encerra semanas de negociações entre a Alemanha e a Finlândia - que controla o acionista maioritário da Uniper, a Fortum. O resgate irá ajudar a empresa, que viu a sua situação financeira abalada com a queda no fornecimento de gás russo, pois teve de comprar gás mais caro noutros mercados.

A Rússia diminuiu o seu fornecimento de gás à Europa após as sanções do Ocidente, adotadas após a invasão russa da Ucrânia.

As ações da Uniper inicialmente subiram 5% após o anúncio, mas às 12h20 (hora de Lisboa) caíam quase 16%.

Como parte do acordo, o governo alemão terá uma participação de 30% na Uniper e a Fortum acabará por deter 56% da Uniper, abaixo dos cerca de 80% atuais.

"Estamos a viver uma crise de energia sem precedentes que exige medidas robustas", disse o presidente executivo da Fortum, Markus Rauramo, acrescentando que o acordo reflete os interesses de todas as partes.

O resgate é uma solução imediata, mas a Fortum e o governo alemão vão trabalhar numa solução de longo prazo para reformar a arquitetura de contratos de gás. As partes pretendem chegar a um acordo sobre a solução de longo prazo até ao final de 2023.