Exclusivo

Economia

Portugal lidera crescimento europeu este ano, mas cai para o 15º lugar em 2023. Inflação escala mas será das mais baixas

Portugal lidera crescimento europeu este ano, mas cai para o 15º lugar em 2023. Inflação escala mas será das mais baixas
LUÍS FORRA

Projeções da Comissão Europeia colocam Portugal na liderança do crescimento europeu este ano, mas a abrandar em força em 2023. Inflação é historicamente elevada, mas fica entre as mais baixas da União Europeia

Puxada pela recuperação do turismo e por um arranque do ano muito forte, a economia portuguesa vai crescer 6,5% em 2022 e destaca-se na liderança do crescimento europeu este ano. Esta é uma das grandes conclusões das projeções da Comissão Europeia (CE), que foram atualizadas esta quinta-feira. Mas, há outras, e que não são tão favoráveis.

Para 2023, Bruxelas prevê um forte abrandamento da economia portuguesa, com a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) a ficar pelos 1,9%. Isto significa, caso se confirmem os números de Bruxelas, que 14 dos 27 países da União Europeia vão crescer mais do que Portugal no próximo ano. Ainda assim, o país deverá crescer mais do que a média europeia.

Quanto à inflação, não restam dúvidas de que vai ser historicamente elevada este ano, em Portugal e no resto dos 27, e que vai manter-se bem acima da fasquia de referência dos 2% em 2023. Mas, a inflação portuguesa até deverá ser das mais baixas entre os 27.

Avancemos para os gráficos, por partes.

Artigo Exclusivo para assinantes

Assine já por apenas 1,63€ por semana.

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: slourenco@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas