Economia

CEO RESET. "Dar o corpo ao manifesto" A dica de Isabel Vaz para convencer os investidores a apostarem na sua ideia de negócio

12 abril 2019 15:54

Isabel Vaz é a presidente da comissão executiva da Luz Saúde e a primeira de dez CEO que, ao longo de 2019, revelarão as suas experiências e dicas de gestão no Expresso

josé fernandes

Para Isabel Vaz, presidente da comissão executiva do grupo Luz Saúde, os investidores gostam de apostar nos negócios de quem se compromete a sério e mete também o seu dinheiro: é o chamado “skin in the game”. Esta é uma das dez CEO que aceitaram o repto do jornal Expresso e da consultora EY para fazerem “reset” e refletirem sobre o desafio que é gerir uma empresa ou ter de começar de novo

12 abril 2019 15:54

“Skin in the game”. É esta a expressão que Isabel Vaz repete mais vezes quando fala da ousadia necessária para se criar uma start-up, ou da fibra que é preciso para começar uma empresa ou do ingrediente fundamental para convencer um investidor a apostar dinheiro na sua ideia de negócio. “Skin in the game”, repete a CEO em inglês.

Há quem diga que, em português, “skin in the game” significa sacrificar-se por uma ideia de negócio, ou seja, aquele empreendedor que “dá o corpo ao manifesto” e arrisca o seu próprio dinheiro a par do dinheiro do investidor.

Isabel Vaz tem a sua própria tradução deste ingrediente crucial para convencer os investidores: “Skin in the game quer dizer que também estamos lá todos, com o nosso próprio dinheiro. Significa que também vamos pôr ‘massa’ nisto e vamos à luta. Isso é muito importante para os investidores”.

Isabel Vaz é a primeira de dez gestores de empresas que aceitaram o repto do jornal Expresso e da consultora EY para fazerem “RESET” e refletirem sobre o desafio que é gerir uma empresa ou ter de começar de novo. Acompanhe no site do Expresso as suas histórias, dicas e conselhos