Passeio Verde

Entre o mar e a serra, Rota do Ocidente convida a descobrir natureza e património de Cascais

4 fevereiro 2022 10:13

Com partida e chegada a Cascais e passagem pela serra de Sintra, a nova rota é composta por cinco etapas, que podem incluir BTT, bicicleta elétrica, passeio com burro ou a cavalo, e ainda várias experiências, como slide e escalada.

4 fevereiro 2022 10:13

Mais do que um Passeio Verde, a Rota do Ocidente é um novo produto turístico promovido pela Câmara Municipal de Cascais, que “conjuga experiências únicas na natureza e impactos reduzidos nos ecossistemas, configurando um tipo de turismo que respeita os espaços naturais”. Com base na Grande Rota do Atlântico, este novo passeio tem uma extensão total de 50 km, com partida e chegada a Cascais, mais precisamente na Ecocabana, à entrada do parque Marechal Carmona. O caminho conduz até ao Santuário da Peninha, já no Parque Natural Sintra-Cascais, passando pelo litoral, aldeias serranas, como Malveira e Almoinhas Velhas, proporcionando ao visitante contacto com o património natural e histórico-cultural do concelho.

A Rota do Ocidente desenvolve-se em cinco etapas pedestres, cada uma com 10 km: Ecocabana – Duna da Cresmina, no Guincho; Duna da Cresmina – Quinta do Pisão, já na serra de Sintra; Quinta do Pisão – Peninha; Peninha – Duna da Cresmina; e Duna da Cresmina – Ecocabana. Em cada uma destas etapas pode optar por complementar a caminhada com BTT, bicicleta elétrica, passeio com Burro ou a cavalo e até ter a ajuda de um guia.

Rota do Ocidente

Rota do Ocidente

Enquanto produto turístico, a nova rota pode integrar duas noites de alojamento, em regime de glamping, com as tendas a serem montadas e desmontadas sem prejudicar a natureza, bem como alimentação com produtos vindos diretamente da horta da Quinta do Pisão, uma vez que o pacote completo da experiência inclui toda a alimentação. Os participantes podem, igualmente, escolher três experiências complementares em plena natureza, da escalada ao rapel, passando pela pista de arvorismo ou experienciar a vida de um apicultor ou de um biólogo. Para ajudar os visitantes estão identificadas zonas de estacionamento, disponíveis mapas e vários painéis informativos.

Este Passeio Verde foi realizado em parceria com Volvo – Carro Oficial Boa Cama Boa Mesa

Este Passeio Verde foi realizado em parceria com Volvo – Carro Oficial Boa Cama Boa Mesa

“A Rota do Ocidente constitui um cenário de excelência para grandes emoções. O viajante pode sentir a força das paisagens, atravessar um conjunto notável de monumentos históricos e desfrutar de Centros de Interpretação da Natureza ao longo do caminho, onde poderá optar por um conjunto de experiências”, conclui a Câmara de Cascais. Para saber mais ou solicitar informações de preços deve utilizar o email: atividadesnatureza@cascaisambiente.pt

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!