Boa Cama Boa Mesa

Entre o céu e a serra, festival de caminhadas regressa à Pampilhosa

Barragem de Santa Luzia
Barragem de Santa Luzia
CM Pampilhosa da Serra

O município da Pampilhosa da Serra promove, entre os dias 26 e 28 de maio, a sexta edição do festival de caminhadas Walkin Weekend. Entre o céu e a serra, há muito para descobrir incluindo “estrelas, constelações, planetas e toda a galáxia”

Ao longo do dia, mas também à noite, e entre o céu e a serra, a Pampilhosa da Serra recebe, de 26 a 28 de maio, a sexta edição do festival de caminhadas Walkin Weekend

Limitado a 150 participantes, o programa do festival é diversificado e abrangente que que se dirige às famílias e amigos, aos mais ousados e que precisam de um pouco mais de adrenalina e também àqueles que gostam de imergir na cultura e na essência dos lugares", explica Rui Simão, vereador da na Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra.

"Entre o céu e serra, foi preparado um programa criativo, que visa o despertar sensorial e emocional, através de uma imersão profunda nos principais ativos do território, como é o caso das aldeias, as paisagens deslumbrantes e a natureza no seu estado mais puro, a identidade cultural, a gastronomia e até a alegria comunitária", acrescenta o autarca

Este ano, os participantes são convidados, não só a descobrir vários percursos por terra, através de diversas opções de trilhos, mas também a realizar caminhadas aquáticas, agendadas para domingo. O programa inclui ainda passeios de canoa ou stand-up paddle na albufeira da barragem de Santa Luzia, bem como atividades lúdicas diversas. No sábado, segundo dia do festival inclui um “jantar serrano", seguido de uma “Caminhada pelo Céu Estrelado” guiada entre a ciência e a imaginação pelo astrónomo e comunicador de ciência José Matos.

As inscrições do Walking Weekend'23, organizado pela empresa Epic Land estão limitadas a 150 participantes. A festa termina com um “churrasco serrano”.

Pampilhosa da Serra
Walking Weekend

Céu estrelado e certificado

Nos concelhos de Pampilhosa da Serra, Góis e Arganil a paisagem noturna mostra-se “clara e imaculada”, graças aos baixos índices de poluição atmosférica e à baixa luz artificial emanada na região. Por essa razão, este é um território que, além de oferecer “um céu celestial de perder de vista”, incluindo “estrelas, constelações, planetas e toda a galáxia”, é considerado um privilegiado observatório natural. Neste contexto foi atribuído ao Dark Sky Aldeias do Xisto a certificação internacional “Destino Turístico Starlight”, pelas excelentes condições de visibilidade, transparência e escuridão do céu, e ainda pela qualidade dos serviços turísticos

Para aproveitar estas condições naturais, a empresa Epic Land, com nova sede na Pampilhosa da Serra, promove, por marcação, o programa “Dia e Noite na Barragem de Santa Luzia”. Para um mínimo de duas pessoas, esta experiência começa com um percurso pedestre entre o Poço do Caldeirão, junto a Vidual de Cima, e o Casal da Lapa. Segue-se um passeio de canoa pelas águas puras e cristalinas da albufeira da barragem. “Até ao final da tarde dispõe de tempo livre que poderá usar para descobrir os melhores locais envolventes para relaxar”, explica a empresa. O jantar é no Bar da Cal, com vista privilegiada para o afloramento quartzítico em redor. Entre o jantar e a ceia, sempre com um guia a acompanhar, realiza-se uma pequena caminhada até Vidual de Baixo, “onde se poderá deslumbrar com o brilho do céu noturno.” Esta experiência completa-se com uma sessão fotográfica à luz das estrelas. Conte ainda com licor de medronho e a filhó espichada, um doce típico da região. Esta atividade tem um custo de €50, por pessoa.

Para o verão, a Epic Land conta disponibilizar, na praia fluvial de Santa Luzia, o aluguer de waterbikes (pranchas de stand-up paddle a pedais) e de “scooters de água elétricas”.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: bcbm@impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas