Boa Cama Boa Mesa

Beja no inverno: um roteiro de descoberta com oito paragens

11 janeiro 2023 12:07

Prova de vinhos na Herdade do Vau

É uma cidade com mais de 2500 anos de História, com muito para contar. O mesmo acontece em redor de Beja, nas pequenas freguesias, entre campos e rebanhos de ovelhas, onde existem alguns dos últimos lugares de convívio espontâneo, entre ensaios de cante, oficinas de cozinha e passeios luminosos

11 janeiro 2023 12:07

Os mais de 2500 anos de História são um dos orgulhos da cidade. Beja, no coração da planície alentejana, guarda património e muitas tradições, mas os motivos de descoberta não se esgotam na malha urbana da cidade, marcada pela imponente Torre de Menagem. Nos arredores guardam-se tesouros e segredos que merecem ser descobertos. Este é o desafio: aproveitar o inverno para fazer um roteiro com oito paragens surpreendentes e com a garantia de que existe uma cultura muito própria das gentes da planície alentejana ainda por conhecer.

Adega Courelas da Quinta

Adega Courelas da Quinta

Adega que é taberna, lugar de partilha como já há poucos no Alentejo
Em Trigaches, a cerca de 10 minutos de Beja, quem abre a porta da Adega Courelas da Quinta (Tel. 919988756) faz questão de cumprimentar calorosamente todos os que chegam, mesmo aqueles que nunca se viram antes. Do médico ao pessoal da monda e ceifa esta é uma adega aberta a todos, onde se partilham os petiscos preparados por Carla Patriarca, mas também outros trazidos de casa pelos convivas. “Um queijinho, um carapau frito, um pedaço de chouriço”, diz Fernando Galaio, marido e responsável pela produção de vinho de talha nesta adega. Ouve-se o vinho a escorrer para o alguidar. Há copinhos para se servir, fazer uma volta e perceber castas e combinações de cada talha. Por encomenda preparam-se “Cozido de grão” (€10), “Bochechas de porco preto em forno a lenha” (€17) ou “Feijão com couve e entrecosto” (€10). Se aparecer sem avisar, tem boas carnes grelhadas na brasa. Dependendo de quem lá estiver, existe a possibilidade de ouvir cante ou fado.

Adega Courelas da Quinta

Adega Courelas da Quinta

A oficina de cozinha da Saudade
A avó já cozinhava assim e a mãe também, agora é a vez de Saudade Campião, chef do restaurante A Pipa (Tel. 284327043) há mais de 25 anos, partilhar as receitas da gastronomia tradicional alentejana, não só no restaurante, como também nas suas oficinas de cozinha. No centro histórico de Beja, numa das ruelas antigas, neste caso na Rua da Moeda, número 8, é onde irá descobrir os ingredientes e segredos das “Bochechas de porco preto”, “Caldo de cação” ou “Migas com carne de alguidar”. Depois é sentar à mesa e saborear o prato confecionado. Reserve com antecedência, tanto a oficina como o lugar no restaurante, pois a casa é concorrida, sendo regularmente lugar de encontro de numerosos artistas, entre os quais António Zambujo ou Buba Espinho que acabam a refeição a cantar.

A Pipa

A Pipa

Todas as quintas-feiras há ensaio de cante
O cante ecoa em Beja. Todas as semanas, às quintas-feiras, pelas 19h30, há ensaios abertos, mediante inscrição, no Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, através do tel. 284311818 ou do email: centro.unesco.beja@cm-beja.pt. Outrora entoava nas tabernas ao final do dia, quando os trabalhadores regressavam dos campos, ou mesmo durante o trabalho. Desde que foi classificado Património Imaterial da Humanidade, em 2014, os grupos corais parecem ter ganho novo ânimo, os jovens passaram a dar-lhe atenção e os convites para as atuações dos cantadores multiplicam-se. Conheça estas e outras heranças culturais alentejanas nos programas deste Centro, que também oferece oficinas para aprender as curiosas modas alentejanas, com letras tão expressivas, ou como se faz a construção das violas campaniças.

Ensaio de cante alentejano

Ensaio de cante alentejano

Conhecer os Touros de Jorge Vieira
A figura do touro, símbolo identitário da cidade e cultura de Beja, dá o mote para um tour por vários locais. Começa pela exposição comemorativa do centenário do escultor Jorge Vieira, “Memória e Mitos - O Touro na Obra de Jorge Vieira”, patente ao público até dia 18 de março, no Centro de Arqueologia e Artes de Beja (Tel. 284311817). Centrada na figura do touro, revela articulações inesperadas e o vincado espírito inventivo do artista, além de claras inspirações na escultura e na cerâmica antiga da área do Mediterrâneo. Surpreenda-se com os vestígios do antigo fórum romano como um templo romano do século I d.C., que é “o maior” de Portugal e “um dos maiores” da península Ibérica – e da Casa da Moeda, do século XVI, postos a descoberto quando a construção do Centro de Arqueologia e Artes.

“Memória e Mitos - O Touro na Obra de Jorge Vieira”

“Memória e Mitos - O Touro na Obra de Jorge Vieira”

Passeios Luminosos, caminhadas criativas e científicas
O conhecimento é um abrigo. Os “Passeios Luminosos”, ciclo de caminhadas que envolve arte e ciência, promovem a descoberta de Beja. Através das ruas da cidade e dos caminhos rurais, guiados por especialistas em vários temas, somos transportados para os seus universos de saber e criatividade. A longa idade de Beja e a diversidade da paisagem física e humana motivaram a autarquia a desenvolver estes passeios únicos. Através da luz das matérias, da vida e dos saberes de quem os prepara, sugere-se um novo um novo olhar sobre o antigo e belo território de Beja. A programação prolonga-se até dezembro de 2023, mas atenção que as inscrições limitadas (turismo@cm-beja.pt). Em fevereiro será a vez do historiador José António Falcão ser o guia de um percurso irrepetível.

Seguir até Quintos para prova de vinho “dentro da chaminé”
Conhecemos bem aquelas lareiras alentejanas de parede a parede com pequenas cadeiras para ficarmos juntinho à fogueira. A Herdade do Vau (Tel. 911798079), em Quintos, situada a 15 minutos da cidade, junto ao rio Guadiana e no centro de um triângulo dourado, formado por Beja, Serpa e Mértola, tem um desses exemplares gigantes que pode bem ser considerado a vedeta do interior da casa principal. Para além de um lugar ideal para escrever, ler ou ouvir música, ainda é “o tal sítio” para uma prova de vinhos da herdade (€15) – os tintos Riso e Riso Reserva, e o novo branco Alianças -, com petiscos preparados pela Dona Teresa, que acompanha tudo desde a horta, que cuida, até à mesa. Dispõe de alojamento, comportando nove quartos e três apartamentos com kitchenette.

Aljana Guest House

Aljana Guest House

Na Aljana, junto ao castelo
A palavra “Aljana” quer dizer “céu”, o que neste alojamento significa convite ao descanso e relaxamento, mas também à surpresa. Situada a dois passos do castelo de Beja, vestígio da passagem dos romanos por “Pax Julia”, com a torre de menagem única, esta casa é uma surpresa a cada arco centenário que se cruza, com zonas comuns amplas, sugestões de leitura espalhadas pela casa e música suave para embalar juntamente com crepitar da lareira acesa. No pátio, um jardim criado por uma das proprietárias, Sara Barbosa Alves, arquiteta paisagista, é um pequeno oásis, que, mesmo durante o inverno, se pode admirar através da janela enquanto toma o pequeno-almoço. É feito com produtos biológicos trazidos da quinta da família proprietária da casa. Fique bem e pernoite num dos sete quartos da Aljana Guest House (Tel. 911881544).

Pousada de Beja

Pousada de Beja

Frescos e capela gótica do século XV
Construída no século XV, a Capela/Sala dos Túmulos é um interessante exemplo do período gótico em Portugal. Fica no Convento de São Francisco, hoje Pousada de Beja (Tel. 284313580). As obras de reabilitação e adaptação da Pousada permitiram o restauro dos frescos que cobrem as abóbadas da Sala do Capítulo, atualmente uma zona de estar para ficar a olhar estas maravilhas que nos contam as histórias de vários santos. No antigo refeitório quinhentista, coberto por uma abóbada de cinco tramos, funciona o restaurante da pousada. Os quartos foram adaptados a partir das antigas celas dos monges. Passeie pelo convento e espaço ajardinado exterior, da autoria do arquiteto Gonçalo Ribeiro Telles.

Beja

Beja

divulgação

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!