Boa Cama Boa Mesa

Já são conhecidos os vencedores da quarta edição do Prémio Nacional de Turismo

14 dezembro 2022 20:34

Os vencedores do Prémio Nacional de Turismo 2022

nuno fox

Em cerimónia realizada na Cidade do Futebol, em Oeiras, foram anunciados os grandes vencedores da quarta edição do Prémio Nacional de Turismo, uma iniciativa do Expresso e do BPI. O fundador e presidente do grupo Vila Galé foi distinguido com o Prémio Carreira

14 dezembro 2022 20:34

A Cidade do Futebol, em Oeiras foi o palco escolhido para anunciar os novos “campeões” do Prémio Nacional de Turismo (PNT), uma iniciativa do Expresso e do BPI. A quarta edição dos prémios que distinguem as melhores empresas, práticas e projetos turísticos em Portugal foi a mais concorrida de sempre com 743 candidaturas distribuídas pelas cinco categorias a concurso: Turismo Autêntico, Turismo Gastronómico, Turismo Inclusivo, Turismo Inovador e Turismo Sustentável. Em 2022 e por decisão do júri foi atribuído o Prémio Carreira a Jorge Rebelo de Almeida, fundador e presidente do grupo hoteleiro Vila Galé, que assim se junta a Dionísio Pestana, Mário Pereira Gonçalves e André Jordan, distinguidos em anos anteriores.

Rebelo de Almeida, considerou a distinção como “o reconhecimento por ter criado uma empresa onde trabalham pessoas felizes e que proporciona felicidade a quem nos visita”. Garantiu ainda, aos 73 anos, “ter ainda muito para fazer e projetos por concretizar”, anunciando a abertura de vários hotéis ao longo de 2023. Na cerimónia, marcada pelo otimismo e pelos resultados preliminares de 2022 que confirmam ser este o melhor ano de sempre para o turismo em Portugal, com receitas acima de 20,8 mil milhões de euros, que representam um crescimento superior a 14% face a 2019. Destacando estes dados, Francisco Pedro Balsemão, CEO do grupo Impresa, elogiou o sector como “um dos grandes motores da economia e símbolo da resiliência”. Pedro Barreto, administrador do BPI destacou o “aumento da qualidade do turista” como consequência natural do “investimento realizado na melhoria da oferta”, tanto da hotelaria como dos serviços associados a esta área da economia. Nuno Fazenda, secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, anunciou a assinatura, em breve, no âmbito do PRR (Plano de Recuperação e Resiliência) de uma agenda mobilizadora para transformar o sector, com uma dotação de 150 milhões de euros.

Conheça os grandes vencedores de 2022

TURISMO AUTÊNTICO
Com o propósito de destacar projetos que valorizam os recursos culturais e naturais do território nacional, e as experiências de turismo autênticas, nomeadamente em regiões interiores, o PNT distinguiu, na categoria de Turismo Autêntico, a iniciativa Rotas Açores - Itinerários Culturais e Paisagísticos, um projeto de estruturação da oferta de Touring Cultural e Paisagístico dos Açores promovido pela Secretaria Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas, que integra 48 circuitos distribuídos pelas nove ilhas do arquipélago e subordinados às temáticas da baleação, vinhas e vulcões.

TURISMO GASTRONÓMICO
“Premiar projetos que apostem de oferta gastronómica diferenciada e autêntica, alicerçada na valorização e promoção da gastronomia regional e nacional” foi o desafio inscrito nas condições para o júri do PNT escolher o vencedor da categoria Turismo Gastronómico. O prémio foi atribuído ao evento de slow cooking Chefs on Fire, realizado em Cascais e considerado o maior festival gastronómico do país, com vários chefs nacionais de renome a cozinhar com fogo e ao som de música. Foi ainda decidido atribuir uma menção honrosa à iniciativa Fins de semana Gastronómicos do Porto e Norte de Portugal, um roteiro gastronómico anual (excluindo meses de Verão) que visa a promoção da gastronomia e vinhos dos concelhos integrados na Região de Turismo do Porto e Norte de Portugal.

TURISMO INCLUSIVO
Na categoria de Turismo Inclusivo, o júri do PNT decidiu atribuir, pela primeira vez, o prémio ex aequo a duas entidades: É Um Restaurante (Lisboa), e Azores All in Blue - Turismo & Autismo (São Miguel). Iniciativa da Associação de Intervenção Comunitária Crescer na Maior, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e da Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa, o projeto social É Um Restaurante, que está aberto ao público, promove a formação e inclusão no mercado laboral de pessoas em situação de sem abrigo. Já a iniciativa Azores All in Blue - Turismo & Autismo é um projeto de I&D que visa investigar e valorizar a experiência turística de crianças com perturbações do espetro do autismo (PEA) e dos respetivos cuidadores. É promovido pelo CDIJA - Centro de Desenvolvimento InfantoJuvenil dos Açores, com sede em Lagoa, na ilha de São Miguel, com o apoio da Agência Açoreana de Viagens.

TURISMO INOVADOR
Promovido pela Startup Madeira More than ideas, com o apoio do governo regional, o Digital Nomads Madeira Islands conquistou o prémio Turismo Inovador. Iniciativa teve como objetivo destacar as ilhas da Madeira e de Porto Santo como destinos atrativos para Nómadas Digitais, através de um projeto piloto que decorreu na Ponta do Sol. Pelo impacto económico gerado e pelo efeito catalisador que levou ao surgimento de novas comunidades nómadas, o projeto foi prolongado até 2024, confirmando a região como pioneira neste nicho de mercado em grande crescimento.

TURISMO SUSTENTÁVEL
Na categoria de Turismo Sustentável, o grande vencedor foi o projeto Top Atlântico +Planeta promovido pela agência de viagens e já reconhecido com a certificação Biosphere pela Global Sustainable Tourism Council, em reconhecimento da promoção de um modelo de turismo mais sustentável, através de medidas internas de redução de desperdício, melhoria das condições dos colaboradores, apoio a entidades mais carenciadas e criação de dois marketplaces de comercialização de produtos usados, biológicos e/ou de produção própria, entre outras. O projeto tem também um compromisso com o programa “Criar Bosques”, da Quercus, como mecanismo de compensação da pegada CO2 criada pelos voos das Viagens +Sustentáveis.

Jorge Rebelo de Almeida foi distinguido com o Prémio Carreira

Jorge Rebelo de Almeida foi distinguido com o Prémio Carreira

nuno fox

PRÉMIO CARREIRA:
Figura de destaque no desenvolvimento da hotelaria nacional nos últimos 30 anos, Jorge Rebelo de Almeida lidera um grupo com 27 hotéis em Portugal e 10 no Brasil. Empresário de sucesso reconhecido é também um líder que contagia as equipas através da paixão pelo setor e pela visão de futuro que coloca em cada projeto, seja no desenvolvimento do conceito de um novo hotel, seja na expansão internacional do grupo que fundou. Em 1986, Jorge Rebelo de Almeida constituiu a Vila Galé, S.A. e em maio de 1988, a praia da Galé, em Albufeira, viu nascer o Vila Galé Hotel Apartamento (atualmente Vila Galé Atlântico), a primeira unidade daquele que é, hoje, o segundo maior grupo hoteleiro nacional. Em 2023, o grupo tem prevista a abertura de mais quatro hotéis em Portugal.

As 743 candidaturas apresentadas à quarta edição do Prémio Nacional de Turismo foram avaliadas por Comités Técnicos e por um Júri, constituído por representantes de diferentes quadrantes da sociedade portuguesa. Qualidade e inovação da oferta, satisfação do cliente, qualificação ambiental, performance operacional, e contributo para o desenvolvimento turístico, foram alguns dos critérios considerados para essa avaliação e eleição dos vencedores.

O Prémio Nacional de Turismo (PNT) – que conta com o alto patrocínio do Ministério da Economia e da Transição Digital, o apoio institucional do Turismo de Portugal, e o apoio técnico da Deloitte enquanto knowledge partner – atribui distinções em cinco categorias: Turismo Autêntico, Turismo Gastronómico, Turismo Inclusivo, Turismo Inovador e Turismo Sustentável.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!