Boa Cama Boa Mesa

Avillez ganha estrela com Encanto vegetariano: as novidades do Guia Michelin em 2023

22 novembro 2022 20:22

Fortunato da Câmara, em Toledo

nuno botelho

Encanto, de José Avillez, abriu na primavera e ganha já 1 estrela no guia, a primeira para um restaurante vegetariano em Portugal. O diretor mundial dos guias Michelin, Gwendal Poullennec, disse em Toledo que em finais de 2023, a edição relativa ao ano de 2024 será anunciada num evento separado só para Portugal

22 novembro 2022 20:22

Fortunato da Câmara, em Toledo

Em Lisboa o vegetariano Encanto, e os japoneses Kabuki e Kanazawa. No Porto o Euskalduna Studio e o Le Monument. É este o novo quinteto com 1 estrela que a Michelin sugere para 2023, além de uma gala de apresentação do guia exclusiva para Portugal já no próximo ano. Grandes novidades foram anunciadas esta noite em Toledo.

O espanto dos inspetores chegou ao Encanto que José Avillez abriu na primavera, e que ganha já 1 estrela no guia, a primeira para um restaurante vegetariano em Portugal. O chefe português fica assim com um total de 4 estrelas repartidas entre as duas do Belcanto em Lisboa, uma outra ganha recentemente no Tasca, no novo guia do Dubai, a que se junta agora esta no Encanto.

Outro motivo de deslumbre parece ser o pescado português já que dois japoneses entram nas estrelas. O Kabuki Lisboa no hotel Ritz – onde já existe o Cura também com 1 estrela – aberto há menos de um ano (dezembro de 2021) está integrado num grupo sólido com 20 anos de experiência em restaurantes japoneses já com estrelas noutras cidades e que teve uma cisão recente entre os sócios fundadores. Recebe a primeira estrela com uma equipa portuguesa chefiada pelo responsável do anterior Kabuki Madrid. Uma espécie de reconhecimento tardio parece ser o que levou à primeira estrela do Kanazawa, que ficou em muito boas mãos. Paulo Morais assumiu o restaurante em agosto de 2017 depois do regresso ao Japão de Tomoaki Kanazawa, que em 2015 havia aberto o espaço em nome próprio para servir a requintada cozinha kaiseki nipónica.

Michelin quer promover Portugal “como destino gastronómico europeu incontornável”

O Porto está cada vez mais nuclear a nível gastronómico. Soma mais duas estrelas com a atribuição de uma ao Euskalduna Studio de Vasco Coelho Santos, um dos candidatos mais falados nos últimos anos que chega agora ao reconhecimento, com o seu balcão e pequena sala na rua de Santo Ildefonso. Numa escala oposta, o Le Monument, nos Aliados, serve cozinha francesa de inspiração local com o experiente Julien Montbabut a voltar ao circuito das estrelas onde já havia estado em restaurantes anteriores. Na categoria estrela verde a novidade é a atribuição da distinção ao restaurante Mesa de Lemos, em Silgueiros.

Mas a noite começou com outra notícia. O diretor mundial dos guias Michelin, Gwendal Poullennec, disse em Toledo que em finais de 2023, a edição relativa ao ano de 2024 será anunciada num evento separado só para Portugal. O objetivo, segundo os responsáveis da publicação francesa, é “celebrar e valorizar a crescente excelência da cena gastronómica portuguesa”. E reforçou: “queremos contribuir para a promoção de Portugal como destino gastronómico europeu incontornável”. A Michelin agradece aos que apoiam esta iniciativa e adianta que “já está a trabalhar com o Turismo de Portugal na organização desta Gala”. Anunciando ainda que “as datas específicas e o local serão revelados durante o primeiro trimestre de 2023”.

Há vários meses que se comenta nos bastidores da possibilidade de haver uma edição separada do guia, e está dado mais um passo nesse sentido, o que não implicará uma mudança no modelo de avaliação ou na escala de galardões a atribuir. Haverá sim uma maior projeção da marca Michelin e uma provável melhoria nas trocas comercias resultantes dessa visibilidade. Em 2018 a cerimónia de apresentação já havia decorrido em Lisboa, mas na lógica da rotatividade entre cidades, que até aí haviam sido sempre espanholas. Depois de vários esforços e insistências do lado português foi possível realizar o evento no pavilhão Carlos Lopes.

dr

A gala está a decorrer no centro de congresso El Grieco, em Toledo, e a ser transmitida em direto no Youtube. Não houve novas promoções a duas estrelas, mas também nenhum restaurante perdeu as que tinha. Quanto às famigeradas três estrelas, o Expresso sabe que do lado português vão continuar a ser uma miragem. Mas ainda se esperam mais novidades para a edição portuguesa do guia…

Sete novos Bib Gourmand

As coisas parecem estar mesmo a mudar na abordagem da Michelin a Portugal, e a seleção dos Bib Gourmand segue em renovação. No ano passado foram apenas duas novidades, mas para 2023 há sete novas entradas, com destaque para a chegada de Marlene Vieira com o seu ZunZum, e o gastronómico e ambicioso Marlene, está logo ali ao lado… Vasco Coelho Santos entra em grande a juntar mais uma distinção em 2023, agora com o Sêmea. E dois Bib Gourmand fora de cidades grandes com o À Mesa em Tavira e o trabalho elaborado no Rio by Paulo André em Vila do Conde. Venha o evento em Portugal que a dinâmica e o empenho dos restaurantes nacionais parecem estar mais fortes que nunca.

Informações

Guia Michelin Portugal 2023

(ordem alfabética)

00 Restaurantes com 3 estrelas

07 Restaurantes com 2 estrelas

31 Restaurantes com 1 estrela (5 novos)

07 Novos restaurantes com Bib Gourmand

2 estrelas

1. Alma (Lisboa)

2. Belcanto (Lisboa)

3. Casa de Chá Boa Nova (Leça da Palmeira)

4. Il Gallo d’Oro (Funchal)

5. Ocean (Armação de Pêra)

6. The Yeatman (Vila Nova de Gaia)

7. Vila Joya (Albufeira)

1 estrela

1. 100 Maneiras (Lisboa)

2. A Cozinha (Guimarães)

3. A Ver Tavira (Tavira)

4. Al Sud (Lagos)

5. Antiqvvm (Porto)

6. Bon Bon (Carvoeiro)

7. Casa da Calçada (Amarante)

8. Cura (Lisboa)

9. Eleven (Lisboa)

10. Encanto (Lisboa) - novo no guia

11. Eneko Lisboa

12. Epur (Lisboa)

13. Esporão (Reguengos de Monsaraz)

14. Euskalduna Studio (Porto) - novo no guia

15. Feitoria (Lisboa)

16. Fifty Seconds by Martin Berasategui (Lisboa)

17. Fortaleza do Guincho (Cascais)

18. G Pousada (Bragança)

19. Gusto (Almancil)

20. Lab by Sergi Arola (Sintra)

21. Kabuki Lisboa - novo no guia

22. Kanazawa (Lisboa) - novo no guia

23. Le Monument (Porto) - novo no guia

24. Loco (Lisboa)

25. Mesa de Lemos (Silgueiros, Viseu) - galardoado com Estrela Verde (Novidade)

26. Midori (Sintra)

27. Pedro Lemos (Porto)

28. Vila Foz (Porto)

29. Vista (Portimão)

30. Vistas (Vila Nova de Cacela)

31. William (Funchal)

Bib Gourmand – Novidades 2023

(relação qualidade/preço até €35)

1. À Mesa – Tavira

2. Carnal – Lisboa

3. Gruta – Porto

4. Ofício – Lisboa

5. Rio by Paulo André – Vila do Conde

6. Semea by Euskalduna – Porto

7. Zunzum Gastrobar - Lisboa