Boa Cama Boa Mesa

Casa Reîa, o novo clube de praia da Caparica é o lugar onde tudo acontece neste verão

12 julho 2022 12:42

Casa Rêia, na Costa da Caparica

Cozinha ligada ao mar, elaborada com ingredientes frescos e locais, música ao vivo, poesia e workshops para deixar fluir as energias e abrir o espírito. Neste verão tudo acontece na praia da Cabana do Pescador, no novo clube Casa Reîa.

12 julho 2022 12:42

Chamado de “Harry Potter dos Vegetais”, o chef de cozinha da Casa Reîa, o israelita Udi Barkan, dedicou a vida à cozinha nutritiva e saudável. À mesa proporciona um encontro entre os peixes e mariscos do Atlântico e os temperos mediterrânicos, com um toque oriental inspirado pelas origens. Dario Costa partilha a chefia da cozinha com Barkan. O brasileiro sagrou-se vitorioso no concurso “Mestre do Sabor” no Brasil e é proprietário de seis restaurantes de sucesso em terras de Vera Cruz, Madê, Paru Restaurante, Açougue do Mar, Deus Mansion, Churrascada do Mar, Benedita Noronha. Na Casa Reîa, o chef partilha o gosto pelos mariscos, sendo muitas vezes apelidado de “Butcher of Seaafood” (Talhante de Mariscos), mas também pelo surf.

Casa Rêia, na Costa da Caparica

Casa Rêia, na Costa da Caparica

Para “caçar” ondas, a Casa Reîa tem uma parceria com o surfista nativo Guilherme Amaral, da Rove, que, além de ter uma escola de surf, é designer, arquiteto e membro do coletivo Who The F* is Henry. A Rove está instalada no espaço anteriormente designado por Le Consulat, situado na praça Luís de Camões, em Lisboa, onde hoje se promove a interseção entre cultura, gastronomia e surf. Junta-se à equipa de cozinha Pedro Henrique Lima, jovem chef de 26 anos da cidade de Santos (Brasil), onde que iniciou carreira com Dario Costa e acumulou experiência em restaurantes consagrados e premiados, tendo sido chef da sede brasileira da marca australiana Deus Ex Machina.

Casa Rêia, na Costa da Caparica

Casa Rêia, na Costa da Caparica

A ligação à Caparica não acontece por acaso. Depois de, em 2021, Yamba, o clube de praia holístico, classificado no Top 10 Beach Clubs in the World pela Condé Nast Traveler (2019-2022), situado na praia da Bolina, ter ficado destruído devido a um incêndio, a Casa Reîa representa o ressuscitar da fénix, sendo também um projeto idealizado pelo fundador da Astral, Sacha Gielbaum, neste caso em parceria com o amigo Emil Stefkov, fundador The Group NYC. Mais uma vez, a equipa procura oferecer uma abordagem holística da hospitalidade, reunindo na Casa Reîa, a cozinha local e sustentável, a música, com concertos de música ao vivo a DJs, de múltiplos géneros, abrangendo desde o Groove tropical ao samba, passando pela improvisação, a exploração de novos horizontes sonoros, sons acústicos e eletrónicos. Dá palco à palavra, nomeadamente através da poesia, por exemplo com Amanda Efthimiou, e organiza sessões de relaxamento com Lizia Puglia. A agenda é mensal e conta com curadoria para a programação musical, práticas de bem-estar e rituais transformadores.

Casa Rêia, na Costa da Caparica

Casa Rêia, na Costa da Caparica

Reîa apresenta-se como um laboratório de cultura, aberto a novos talentos, músicos, artistas, praticantes e palestrantes locais. Dispõe de uma pequena boutique repleta de tesouros em tecidos naturais, acessórios e artigos para o bem-estar. O novo Casa Rêia abriu em meados de junho e já está a marcar a agenda de verão da Costa da Caparica.

Casa Rêia, na Costa da Caparica

Casa Rêia, na Costa da Caparica

À mesa, comece logo com a incontornável “Entrada”, com pão sourdough ou pão de cenoura com alperce, amêndoas, acompanhado por azeite harissa, manteiga defumada e ostras de Setúbal. É notório o cuidado por parte da equipa de cozinha na utilização dos frescos e a preferência sazonal, assim como a predominância dos vegetais, contando ainda, para começo de refeição, com o “Carpaccio de beterraba com morangos e vinagrete de cebolinho” e o “Baba ganoush de curgete, hortelã e framboesas” (ambos a €16). Alguns pratos vegetarianos são preparados com a ajuda de uma outra “estrela” da cozinha, o forno a lenha, como sejam a “Batata-doce al ajillo” ou as “Cenouras, labneh, citrinos e pistáchios”, estas últimas integradas nos Especiais da Casa, assim como o “Arroz de mariscos” (€26) igualmente preparado no forno.

Da grelha saltam outras propostas vegetarianas, “Batata-doce assada” e “Abóbora hokkaido com mel de cana” (ambos a €8). Ainda para grelhar há Peixes do Dia: salmonete, dourada, robalo, pregado ou Linguado. Entre os Mariscos do dia estão lavagante, camarão-tigre e de Espinho, e nos moluscos, mexilhões, amêijoas e lingueirão, citando apenas alguns exemplos.

Casa Rêia, na Costa da Caparica

Casa Rêia, na Costa da Caparica

São imperdíveis, o “Tártaro de atum patudo, gema de ovo curada, batatas defumadas fritas” (€19), o “Fritto di Mare” (€17), com tempura de grão-de-bico, e o “Robalo cru” (€15), em sashimi, com maçã verde, aipo e funcho. Para quem não dispensa a carne, mesmo em ambiente de praia, sugere-se o “Entrecôte de tira de Black Angus”, indicado para duas pessoas (€70). Entre as sobremesas, experimente o “Bolo de chocolate assado” e o “Cheesecake defumado desconstruído, morangos e poejo”. Para beber há cocktails, com e sem álcool, vinhos, kombuchas, infusões e chás servidos até ao fechar das portas.

Casa Rêia, na Costa da Caparica

Casa Rêia, na Costa da Caparica

Deixe-se ficar, assista ao pôr-do-sol, relaxe ao som da música, petisque com um pé na areia e dance na Casa Reîa (Praia da Cabana do Pescador, Costa da Caparica. Reservas em casareia.com).

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!