Boa Cama Boa Mesa

O Bistro 100 Maneiras renasceu, mas não perdeu a identidade de Ljubomir Stanisic

17 março 2022 13:35

Mais arejado, claro e funcional, o restaurante do mediático chef reabriu com nova decoração, nova ementa, uma invejável carta de vinho, e a irreverência do costume…

17 março 2022 13:35

Abriu sábado, 12 de março aquela que pode ser chamada a versão 2.0 do Bistro 100 Maneiras de Ljubomir Stanisic. Depois de alguns meses de obras profundas, o restaurante do Largo da Trindade, no coração de Lisboa, já voltou a receber clientes, com novas propostas na ementa, nova decoração e a mesma vista sobre a mais movimentada rua da zona do Chiado.

Bistro 100 Maneiras

Bistro 100 Maneiras

A primeira diferença que se nota, mal se cruza a porta rodeada pela intocável floreira é que o espaço está mais claro, mais leve e muito mais imaculado. A decoração tradicional foi posta de lado e reposicionaram-se as mesas, para que o serviço flua e para maior conforto e privacidade entre os clientes. Tem também uma nova cozinha, maior e mais funcional, onde Manuel Maldonado, o braço direito de Ljubomir Stanisic brilha cada vez mais. Nas mesas, Miguel Santos mostra, como se pode ver na TV, a razão pela qual é um dos melhores chefes de sala nacionais.

A nova carta do Bistro 100 Maneirasmudou em cerca de 60 por cento”, revela Manuel Maldonado. Mantêm-se os clássicos, mas assumem a atitude de se diferenciarem do premiado 100 Maneiras, criando um menu “onde apeteça vir jantar todos os dias”, diz. Para isso, criou-se um menu diário, em constante mutação, onde pode surgir na opção “Hoje anda à roda” propostas como “Lula de anzol frita com maio de wasabi” (€12), “Barrosã e molho de mostarda” (€11), “Tortulhos salteados” (€18) ou “Ceviche de Pargo” (€22).

Na linha da irreverência que caracteriza o Bistro 100 Maneiras, há a secção “Só para corajosos” onde aparecem “Corações de pato” (€9), “Moelas de pato” (€9,50)e um incrível “Tutano e pão torrado” (€12). Feito “A fumo e fogo” surge a “Picanha de Wagyu nacional” (€150/KG), o “Lombelo de vaca Barrosã” (€50/kg), ou a “Cabeça de pargo e molho de ervas” (€25). “A fazer conchinha”, como quem diz, para partilhar, há “Frango de “Racan” para 2 pessoas” (€19), “Rabo de pargo para 3 pessoas” (€65/kg), “Costelão de vaca Frisia maturado por 45 dias” (€88/kg) ou o fenomenal “Sargo de Peniche para 2” (€65/kg).

Bistro 100 Maneiras

Bistro 100 Maneiras

Nos clássicos, em que “não se pode tocar”, assegura Manuel Maldonado, continua a encontrar a secção “A Mamma é que sabe”, com receitas de Rosa Stanisic como o “Burek de espinafres e molho de iogurte” (€12), “Burek tcharan!” (€18), “Goulash jugoslavo” (€20) e ainda “O cabrito da Mama” (€50) para 2 pessoas. Outro dos itens que nunca vão sair da ementa são as batatas. Ficam arrumadas na secção “Potato Party” e não deixam a ementa, porque, como o próprio Ljubomir afirmou, são também uma homenagem à mãe, podendo ler-se numa publicação do Instagram que “Rosa Stanisic, mãe, guerreira, cozinheira na cozinha de produção do 100, a mulher que me ensinou que umas simples batatas podiam ser cozinhadas de 100 maneiras e que, sem saber, deu início a isto tudo”. Regressando à ementa, há então “Puré de batata ratte" (€9), “Aligot de queijo da serra” (€12), “Batata folhada trufada” (€10) e a “Batata Bistro” (€6.50).

Bistro 100 Maneiras

Bistro 100 Maneiras

Antes de entrar nos pratos mais pedidos, relembrar que Miguel Santos criou uma carta de vinho, onde “ficaram apenas 10 por cento das referências da carta anterior”. A intenção, diz, “é servir vinhos que, sejam fora da caixa e não se encontrem em mais restaurantes, irreverentes, tal como o Bistro”. Regressamos agora ao “Top 100”, onde estão os pratos que ao longo dos tempos os clientes não deixaram sair da carta. Aparecem aqui o “Tataki de lombo maturado Rossini” (€36), “Octopuff: polvo picante com mel e puré de batata-doce” (€31), “Bosniazinha: burek com chistorra e vazia maturada” (€25), “Pappa that preach: pappardelle, cogumelos e trufa de temporada” (€27) e ainda o “Tártaro bem maturado” (€23).

O Bistro 100 Maneiras (Largo da Trindade, 9, Lisboa. Tel. 910307575) encerra à terça e quarta-feira. De quinta a segunda jantares das 18h30 às 2h00; aos sábados e domingos almoços das 12h00 às 15h00 e e jantares das 18h30 às 2h00. Não se surpreenda se, num qualquer serviço Ljubomir Stanisic entre pela cozinha e vista a jaleca. Se tal não acontecer, pode continuar a acompanhar o percurso do chef na SIC no programa “Hell’s Kitchen” ou na série “Coração na Boca” em exclusivo na plataforma de streaming OPTO da SIC

Hell's Kitchen

Hell's Kitchen

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!