Análise

O que está a desfazer a democracia? Um ensaio que vai do New Deal de Roosevelt ao "etno-populismo" de Trump

20 setembro 2022 21:31

William H. Janeway

William H. Janeway

Sócio do fundo de investimento Warburg Pincus, professor filiado de economia na Universidade de Cambridge e autor de "Doing Capitalism in the Innovation Economy" (Cambridge University Press, 2018)

samuel corum/getty images

Neste artigo, partindo de duas obras de 2022, William H. Janeway traça um retrato de um mundo democrático em crise. O historiador Gary Gerstle vê uma ordem neoliberal em cacos, cujo melhor exemplo foi a presidência americana do narcísico e incoerente Trump: a sua desintegração deixou os EUA polarizados e paralisados perante questões raciais antigas e o desafio inevitável das alterações climáticas. Na segunda obra, a académica Helen Thompson adota uma perspetiva eurasiática e foca-se na economia política da energia, concentrando-se - ainda antes da invasão da Ucrânia - na Alemanha, que escolheu tornar-se existencialmente dependente do petróleo e gás soviético e, em seguida, russo

20 setembro 2022 21:31

William H. Janeway

William H. Janeway

Sócio do fundo de investimento Warburg Pincus, professor filiado de economia na Universidade de Cambridge e autor de "Doing Capitalism in the Innovation Economy" (Cambridge University Press, 2018)

Gary Gerstle, The Rise and Fall of the Neoliberal Order: America and the World in the Free Market Era, Oxford University Press, 2022.

Helen Thompson, Disorder: Hard Times in the 21st Century, Oxford University Press, 2022.



Os meus colegas Gary Gerstle e Helen Thompson têm ambos a sua casa académica na Universidade de Cambridge e os seus novos livros partilham um propósito comum: como compreender a disfuncionalidade que tem atormentado as democracias ocidentais. Exploram essa questão de maneiras muito diferentes, mas complementares, oferecendo profundos conhecimentos sobre a dinâmica desequilibrada do capitalismo democrático. Quando lidos em conjunto, vemos claramente como a dissolução da ordem neoliberal de Gerstle alimentou a desordem que Thompson analisa.



O contraste entre os dois livros deve-se, em grande medida, às origens dos autores. Gary Gerstle, um historiador de ideias, ideologias e culturas políticas, escreve de uma perspetiva americana. Em The Rise and Fall of the Neoliberal Order: America and the World in the Free Market Era, mostra como os programas políticos inicialmente radicais se institucionalizaram como “ordens” abrangentes quando a oposição aceita os seus termos. Assim, a ordem do New Deal foi estabelecida quando o governo republicano de Eisenhower optou por não tentar revogar as reformas institucionais centrais do governo democrata de Roosevelt.