Fracasso: quatro regras para redefinir o conceito
DAMOS 4 DICAS
Fracassar numa missão é o pior que poderá acontecer a um profissional? Não. Na verdade, não tentar por medo de falhar é o pior que pode acontecer. E este receio é um dos principais responsáveis pela estagnação na carreira de muitos profissionais
Mas é fundamental que o enfrente para poder crescer pessoal e profissionalmente. O primeiro passo é pensar que as coisas têm o peso que lhes quisermos colocar. É tudo uma questão de perspetiva
1.
Onde se imagina e como quer lá chegar
Parta do seu conceito de sucesso para compreender a dimensão de um fracasso. Identifique onde quer chegar profissionalmente e como se imagina a fazer esse caminho
2.
Defina o que é “fracasso”
Ultrapassar o medo requer que consiga recuar até à raiz do problema. Tente perceber o que seria para si um sinal de fracasso no caminho que definiu e porquê. Tente organizar de forma hierárquica o pior que lhe poderia acontecer e os seus medos
3.
Como resolveria?
Imagine que os seus piores receios se concretizavam: como reagiria? O que faria para contornar um fracasso ou uma falha? Tem um plano B? Este exercício é mais do que puro masoquismo. Ele é útil para que se possa preparar para o que não corre como esperado e ajudá-lo a colocar de lado o medo de falhar. Se acontecer, saberá o que fazer
4.
O erro é parte do caminho
Cumpridas as etapas anteriores, experimente olhar para o fracasso (mas também para o sucesso) de outra forma. O que aprendeu com o que correu menos bem no seu percurso e o que pode retirar dessa experiência para evitar insucessos futuros? Redefinir o ‘peso’ fracasso, enquadrando-o como uma aprendizagem, é a melhor forma de não se deixar limitar pelo medo
LEIA MAIS ARTIGOS
TEXTO: EXPRESSO
FOTOGRAFIA: GETTY
<!— netScope v4 – Begin of gPrism tag for AMPs -->