Artista brasileira com apenas 9 anos vai expor obras em nome próprio no Carrosel du Louvre, em Paris
CLIQUE
INTERNACIONAL
Maya Veronese Marçal vai expor os seus quadros durante três dias no Salão Internacional de Arte Contemporânea Carrousel du Louvre, em Paris, já em outubro deste ano.
A criança, nascida em Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, vai conseguir ter as suas pinturas expostas no mesmo local que o seu pintor favorito: o francês Monet, sublinha a CNN Brasil.
Aquilo que começou aos sete anos, como um passatempo durante a pandemia de covid-19, com apenas um pincel e tinta, chegou, entretanto, a várias partes do mundo, além do Brasil. Como? Através da página de Instagram de Maya, criada pela mãe.
Foi Camila Veronese que incentivou a filha a desenvolver a habilidade para as artes, após perceber o talento e o gosto que tinha.
“Eu queria que ela entendesse sobre o mundo das artes, a história da arte e da moda, que fosse apresentada a vários tipos de artes. E encontrei isso na professora de arte Chris Salomão”, explicou ao jornal “A Voz da Serra”.
A menina iniciou as aulas ainda em 2021, experimentando um pouco de tudo, contou a professora ao jornal brasileiro. Mas foi o trabalho em tela que captou o interesse da criança.
A mãe de Maya contou a esta publicação que um dia decidiu começar a publicar as pinturas de Maya nas redes sociais e rapidamente começaram a chegar elogios e até propostas de compra.
“Começámos então a vendê-los por valores simbólicos a amigos e familiares, e usávamos o dinheiro conseguido para comprar mais material. E, nessa altura, a coisa tomou uma proporção muito maior”, recordou a mãe.
Foi nessa altura que Camila Veronese contactou uma empresa de curadoria. “Queria perceber se realmente ela tinha talento ou não. Elogiaram bastante e convidaram-na para expor no Carrossel do Louvre, depois de passar por um processo de seleção”, destaca a revista Visão da entrevista do jornal brasileiro.
Maya já expôs também o seu trabalho em Portugal, na EUROARTS. “A exposição em Portugal também foi muito legal, porque a Maya foi a primeira criança a expor no Gallery”, contou a mãe ao “A Voz da Serra” (pode ler a reportagem completa do jornal brasileiro, carregando sobre este parágrafo).

LEIA MAIS ARTIGOS
WEBSTORY: RITA COELHO
FOTOGRAFIAS: @MAYAVERONESE / INSTAGRAM
VÍDEO: @VIVEMOSARTE COM @MAYAVERONESE
<!— netScope v4 – Begin of gPrism tag for AMPs -->