Exclusivo

Ambiente

Carta aberta apela a moratória à mineração em mar profundo em Portugal

Carta aberta apela a moratória à mineração em mar profundo em Portugal
Dimitris Poursanidi / terraSolut / Ocean Image Bank

Duas organizações não governamentais de ambiente – ANP/WWF e Sciaena – lançaram uma carta aberta por uma “Moratória, já!”, para sensibilizar o Governo português a efetivar o princípio da precaução em relação à mineração no fundo do mar. A missiva conta já com três dezenas de assinaturas de personalidades nacionais.

A solução é não mexer e este é o princípio da carta aberta agora lançada pela Associação Natureza Portugal/World Wilde Fund (ANP|WWF) e pela Associação de Ciências Marinhas e Cooperação (Sciaena), que conta já com as assinaturas de três dezenas de personalidades, entre as quais o ex-ministro do Mar Ricardo Serrão Santos, o oceanógrafo espanhol Carlos Duarte, a bastonária da Ordem dos Biólogos Maria de Jesus Fernandes, a ex-ministra da Agricultura, do Mar e do Ambiente Assunção Cristas, o secretário-geral do BCSD Portugal João Wengorovius Meneses, assim como de vários investigadores e professores universitários, mas também atores e fotógrafos nacionais.

Artigo Exclusivo para assinantes

Assine já por apenas 1,63€ por semana.

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: ctomas@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas