Ciência

Starship, a mais poderosa nave espacial de sempre, explode após lançamento

A nave — juntamente com o seu propulsor Super Heavy — conseguiu levantar voo, mas acabou por explodir
A nave — juntamente com o seu propulsor Super Heavy — conseguiu levantar voo, mas acabou por explodir
PATRICK T. FALLON

Poucos minutos após descolar, a Starship acabou por explodir sobre as instalações da SpaceX, no Texas

A nave espacial mais poderosa de sempre explodiu esta quinta-feira, quatro minutos após ter descolado, sobre as instalações da SpaceX em Boca Chica, no Texas.

Já nesta segunda-feira, o primeiro voo de teste da Starship tinha sido adiado devido a uma falha numa válvula de pressurização, como adiantou Elon Musk, fundador e presidente executivo da SpaceX.

Esta quinta-feira, a nave — juntamente com o seu propulsor Super Heavy — conseguiu levantar voo com sucesso. No entanto, acabou por explodir. Ainda assim, a SpaceX considerou a experiência “entusiasmante”.

“Como se o teste de voo não fosse suficientemente entusiasmante, a Starship sofreu um rápido desmantelamento não programado”, lê-se numa publicação da SpaceX de Elon Musk no Twitter.

Uma das grandes missões da Starship é a de levar o Homem (outra vez) à Lua dentro de cerca de dois anos — a nave foi selecionada pela NASA para ser o veículo espacial que levará astronautas à superfície lunar em 2025.

Outra grande missão é a de “levar a vida além da Terra”, em concreto rumar até Marte. Como referiu Musk, a Starship foi projetada para ser “totalmente reutilizável” e permitir uma vida “multiplanetária”, tornando “real a vida em Marte”.

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: mtribuna@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas