Sociedade

D. usava a lâmina para se ferir, porque “o corte” lhe aliviava “a dor”: histórias sobre autolesões, que aumentaram entre os jovens

22 abril 2023 12:33

Bernardo Mendonça

Bernardo Mendonça

texto

Jornalista

Joana Ascensão

Joana Ascensão

texto

Jornalista

Sofia Miguel Rosa

Sofia Miguel Rosa

infografia

Jornalista infográfica

foto nuno botelho

Há cada vez mais jovens com comportamentos autolesivos, para acalmar crises de ansiedade, tristeza e frustração. Um estudo indica que os adolescentes do 8º ano são os que mais se lesionam. As redes sociais, em particular o TikTok, poderão criar mimetização

22 abril 2023 12:33

Bernardo Mendonça

Bernardo Mendonça

texto

Jornalista

Joana Ascensão

Joana Ascensão

texto

Jornalista

Sofia Miguel Rosa

Sofia Miguel Rosa

infografia

Jornalista infográfica

Diana (nome fictício) tinha tido um dia cheio, com amigos, pouco depois do seu 16º aniversário. Não consegue explicar porque aconteceu. Sabe que a dezena de minutos que passou sozinha em casa foi suficiente para ter uma crise de ansiedade. Quando o pai a encontrou na casa de banho, havia sangue no chão. Diana só chorava, soluçava, tinha vomitado. Os braços e as coxas estavam em ferida, dos cortes que havia infligido a si mesma. Desesperado, o pai pegou na filha, embrulhou-a numa toalha e esperou que ela se acalmasse. Ele e a mãe perguntaram-lhe porque se tinha magoa­do assim. “Eu não conseguia explicar.”

Este é um artigo do semanário Expresso. Clique AQUI para continuar a ler.