Sociedade

Temperaturas vão baixar drasticamente: 9 conselhos para se proteger dos efeitos negativos do frio

22 janeiro 2023 17:48

pedro sarmento costa

As previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera apontam para tempo muito frio nos próximos dias. A DGS reuniu um conjunto de recomendações para ajudar a população portuguesa a enfrentar as baixas temperaturas

22 janeiro 2023 17:48

As recomendações foram divulgadas pelas Direção-Geral de Saúde (DGS) na passada terça-feira, mas é nos próximos dias que maior diferença farão na vida dos portugueses. Entre as recomendações, para a população se proteger dos efeitos negativos do frio na saúde, estão a utilização de várias camadas de roupa e a ingestão de sopas ou bebidas quentes. Mas os conselhos da DGS além disso.

Cuidar dos mais vulneráveis

Numa nota publicada no 'site', autoridade da saúde alerta para a necessidade de prestar atenção aos grupos mais vulneráveis, nomeadamente crianças nos primeiros anos de vida, doentes crónicos, pessoas idosas ou em condição de maior isolamento, trabalhadores que exerçam atividade no exterior e pessoas sem-abrigo.

Evitar a exposição ao frio e mudanças de temperatura

Para evitar os efeitos negativos do frio na saúde, a DGS recomenda à população que evite “a exposição prolongada ao frio e mudanças bruscas de temperatura”.

Vestir roupa adequada

De modo a "manter o corpo quente, há que várias camadas de roupa", protegendo as extremidades do corpo com luvas, gorro, cachecol, meias e calçado quente e antiderrapante.

Tomar bebidas quentes

Para manter a hidratação, é importante a ingestão sopas e bebidas quentes e evitar o álcool, que proporciona "uma falsa sensação de calor".

Moderar o desporto ao ar livre

Acautelar a prática de atividades no exterior, seguir as recomendações do médico assistente, garantindo a toma adequada de medicação para doenças crónicas.

Conduzir com cuidado redobrado

Adotar uma condução defensiva, uma vez que poderão existir locais na estrada com acumulação de gelo, são outros conselhos da DGS.

Garantir ventilação de espaços interiores

Relativamente aos cuidados a ter no interior, a Direção-Geral da Saúde aconselha a verificar o estado de funcionamento dos equipamentos de aquecimento, manter a casa quente e, no caso de utilização de braseiras ou lareiras, garantir uma adequada ventilação das habitações, renovando o ar.

Redobrar atenção aos aquecimentos com combustão

Realça ainda que é preciso "ter especial atenção aos aquecimentos com combustão", como braseiras e lareiras, que podem causar intoxicação devido à acumulação de monóxido de carbono e levar à morte, bem como evitar o uso de dispositivos de aquecimento durante o sono, desligando sempre quaisquer aparelhos antes de deitar.

Contactar o SNS 24 em caso de necessidade

A autoridade de saúde apela ainda às pessoas para, no caso de ficarem doentes, não irem para as urgências e ligarem para a linha SNS 24 (808 24 24 24).