Sociedade

Ministro ‘segura’ comissão para reformar a saúde pública

20 janeiro 2023 12:41

Foto: GETTY IMAGES

Equipa de peritos desistiu do pedido de demissão após garantia de Manuel Pizarro de que o seu trabalho nos últimos três anos não vai ficar na gaveta

20 janeiro 2023 12:41

A Comissão para a Reforma da Saúde Pública vai ser renovada e reestruturada para continuar a contribuir para as mudanças no sector. A decisão foi tomada esta semana após uma reunião dos peritos com o ministro da Saúde, Manuel Pizarro. Em cima da mesa estava um pedido de demissão dos elementos da comissão, por desconsideração do trabalho realizado e entregue ao Governo, ainda à anterior ministra da Saúde, Marta Temido.

A comissão foi nomeada em 2020 e renomeada para um terceiro mandato, a terminar no próximo mês de fevereiro, mas sem ver resultados práticos da análise e das propostas apresentadas. “Apesar do esforço pretendido e do trabalho realizado, o mesmo não tem merecido por parte do Ministério da Saúde a atenção devida nem foram tomadas as decisões que o próprio despacho impunha”, explicam na missiva enviada a Manuel Pizarro antes da reunião desta semana.

Nas 170 páginas do relatório final, a comissão propõe múltiplas medidas para mudar a saúde pública. São disso exemplo as alterações propostas às juntas médicas, que, na opinião dos peritos, devem transitar da tutela da Saúde para a Segurança Social. “O ministro deu-nos a garantia de que as nossas propostas vão ser consideradas e até devemos participar mais e, para isso, vamos renovar e reestruturar a comissão”, explica Mário Jorge Neves, coordenador da comissão.