Sociedade

Cinco anos depois da promessa governamental, o SNS vai ser reforçado com 40 psicólogos em janeiro

getty images

Concurso para a contratação de psicólogos para o SNS abriu em 2018. A fase de recurso já terminou, prevendo-se que o processo esteja finalizado até ao final do mês de janeiro, adiantou a direção executiva do SNS e a Coordenação Nacional das Políticas de Saúde Mental. A maioria destes profissionais vai integrar centros de saúde localizados nas regiões Norte e Centro do país

5 janeiro 2023 14:48

Helena Bento

Helena Bento

Jornalista

Os 40 psicólogos prometidos pelo Governo desde 2018 vão iniciar funções nos cuidados de saúde primários até ao final do mês de janeiro, revelou ao Expresso a direção executiva do SNS, liderada por Fernando Araújo, e a Coordenação Nacional das Políticas de Saúde Mental, a cargo do psiquiatria Miguel Xavier.

De acordo com estas estruturas, a fase de recurso "já foi concluída", prevendo-se que o processo de contratação destes profissionais para reforçar o SNS "esteja finalizado até ao final deste mês de janeiro", lê-se na resposta enviada ao jornal.

A escolha dos centros de saúde onde estes psicólogos vão exercer funções foi feita pelas Administrações Locais de Saúde, "em virtude do levantamento das correspondentes necessidades", refere o documento relativo aos locais de estágio que se encontra disponível no site do SNS.

A maioria das vagas abriu em Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) localizados nas regiões Norte (17 vagas distribuídas por locais como Braga, Gerês, Porto Ocidental, Santa Maria da Feira e Espinho) e Centro do país (também 17 vagas em Cantanhede, Mira, Porto de Mós, Oliveira do Hospital, Aveiro, entre outras localizações). Na região de Lisboa e Vale do Tejo, foram abertas seis vagas: Alcochete, Setúbal, Abrantes, Óbidos, Torres Vedras e Sintra.

Segundo os mais recentes dados da Ordem dos Psicólogos, adiantados ao Expresso, existem cerca de 25 mil psicólogos em Portugal, mas apenas mil trabalham no SNS. Destes, 300 estão nos centros de saúde.

Concurso foi lançado em 2018

O concurso para a admissão a estágio de 40 psicólogos, com vista à atribuição do grau de especialista no ramo de Psicologia Clínica, foi lançado em 2018. Verificou-se desde o início alguma lentidão nos procedimentos e, em março de 2020, o processo de contratação acabaria por ser interrompido, na sequência da adoção de medidas de contingência para travar a pandemia de covid-19.

Foi retomado em maio desse ano, com as entrevistas a serem realizadas por videoconferência. Foram avaliados 1.783 candidatos de um total de 2.527 admitidos, tendo "alguns" deles desistido a meio do processo ou não comparecido à entrevista, explicou na altura o Ministério da Saúde, então liderado por Marta Temido.