Sociedade

Dois feridos ligeiros em acidente com barco da Transtejo

22 dezembro 2022 16:04

Barco da Transtejo, em agosto de 2020

horacio villalobos

Embarcação embateu num dos pontões do terminal fluvial do Cais do Sodré pelas 13h30. Um dos feridos foi assistido no Hospital de São José. Empresa abre inquérito interno

22 dezembro 2022 16:04

Duas pessoas ficaram feridas sem gravidade, nesta quinta-feira, num acidente ocorrido com um barco da Transtejo que fazia o percurso entre Cacilhas e o Cais do Sodré. O barco embateu num dos pontões do terminal fluvial, em Lisboa.

Pelas 13h30, a embarcação “Campolide” embateu num dos pontões do terminal fluvial do Cais do Sodré “durante a manobra de aproximação para atracação e desembarque de passageiros”, de acordo com os esclarecimentos enviados ao Expresso pela Transtejo.

Segundo o Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa, que teve indicação da ocorrência às 13h36, registaram-se dois feridos ligeiros: dois homens com 34 e 50 anos. Este último foi assistido no Hospital de São José.

A empresa indica que as duas pessoas que ficaram feridas estavam de pé no momento do embate e foram assistidas no local. “Um deles saiu do terminal fluvial pelo próprio pé e o outro sinistrado foi encaminhado, por precaução, para uma unidade de saúde a fim de efetuar a devida avaliação médica”, acrescenta.

A Transtejo refere que o mestre da embarcação foi submetido a um exame de alcoolemia, “cujo resultado foi 0,0g/l de álcool no sangue”, e assegura a qualificação da tripulação e o cumprimento de toda a documentação. O conselho de administração da empresa determinou a “instauração imediata de um inquérito interno, para apuramento das circunstâncias e responsabilidades desta ocorrência”.

A ligação fluvial sofreu “alguns constrangimentos durante cerca de uma hora” e a embarcação foi substituída por outra, encontrando-se já regularizado o serviço de transporte. A Transtejo assegura as ligações do Seixal, Montijo, Cacilhas e Trafaria/Porto Brandão, no distrito de Setúbal, a Lisboa. Em outubro, os trabalhadores realizaram uma greve parcial, de três horas por turno, para reivindicar aumentos salariais.