Sociedade

México: multidão exige "prisão" para turista que subiu o templo de Chichén Itzá

22 novembro 2022 18:30

filip-gielda/unsplash

Turista violou as regras e escalou o templo localizado no México que é considerado uma das sete maravilhas do mundo, gravando um video que se tornou viral. Não se sabe que tipo de sanções lhe foram aplicadas

22 novembro 2022 18:30

Uma turista foi fortemente vaiada ao subir o templo de Kulkukán, localizado na zona arqueológica de Chichén Itzá, no México (zona de Yucatán), que é considerado uma das sete maravilhas do mundo.

A recomendação é a de não subir os 90 degraus da antiquíssima pirâmide, classificado pela UNESCO como Património da Humanidade, mas ainda assim a turista furou as regras e escalou o templo no último domingo, sob fortes repreensões da multidão que estava em baixo, e gritava: “Prisão, sacrifício!”.

Nas redes sociais, começaram a circular imagens da turista - já popularmente epitetada de Lady Chichen Itzá - a subir o templo desrespeitando as regras, e a dançar no seu topo ao som dos gritos de vaias da multidão que estava em baixo. À descida, a turista foi agredida por algumas pessoas, que lhe atiraram água, empurraram-na ou puxaram-lhe os cabelos.

A turista saiu do complexo arqueológico após a chegada de um agente de segurança e foi entregue ao ministério mexicano de Segurança Pública, a quem cabe neste caso aplicar eventuais sanções. Segundo a Lei Federal de Monumentos em vigor estão previstas multas para este tipo de situações que variam entre 1.735 euros e 8.870 euros.

Sobre este incidente, o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do México acabou por emitir um comunicado garantindo que não houve quaisquer danos no monumento inserido na zona arqueológica, na sequência da desrespeitosa escalada da turista, mas também não se especificou que tipo de sanções ou multas foram aplicadas.

A visitante foi entregue ao Ministério da Segurança Pública, onde deverá cumprir as sanções administrativas correspondentes, embora as autoridades não tenham especificado qualquer pena ou multa. O Chichén Itzá é o monumento mais visitado do México. Este ano, de janeiro a setembro, recebeu dois milhões de turistas.