Sociedade

Um broker anda a vender no Telegram segredos da NATO roubados por hackers - e garante ter informações militares sobre Portugal

20 novembro 2022 21:18

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

getty images

Ficheiros de empresa europeia de mísseis que forneceu armas para a guerra da Ucrânia estão à venda

20 novembro 2022 21:18

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Documentos da NATO foram colocados à venda através da aplicação encriptada do Telegram por um grupo de brokers [pessoas que compram e vendem em nome de terceiros] a soldo de piratas informáticos que fazem negócios ilegais com informação militar confidencial roubada em servidores da Aliança Atlântica. “Este grupo agrega vários leaks, ‘limpa’ a informação roubada e vende-a a quem pagar mais”, explica um especialista em cibersegurança.

O Expresso teve acesso a uma amostra de ficheiros que estes brokers disponibilizam a potenciais compradores e em alguns deles surgem os rótulos de “NATO Confidential” ou “NATO Restricted”. Têm datas entre 2017 e 2022.