Loading...

Sociedade

Crianças sentadas no chão e fila de macas no corredor: o que aconteceu no Hospital de Penafiel?

O presidente do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa fala em "situação excecional" e avança com duas explicações para o cenário

Dezenas de doentes esperaram em macas para serem internados no Hospital Padre Américo, em Penafiel. A administração do hospital admite o problema e indica que vai tentar resolvê-lo no próximo ano. Na segunda-feira, houve um pico nas urgências pediátricas, que provocou alguns constrangimentos.

O Jornal de Notícias divulgou imagens de jovens e adultos sentados no chão das urgências pediátricas, enquanto aguardavam pelo médico. Perante este cenário, o presidente do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, Carlos Alberto Silva, esclarece que se tratou de uma "situação excecional", visto que a “área da pediatria é uma área onde nós não temos dificuldade”. Admite ainda que durante o período da manhã o tempo de espera foi de duas horas.

Ao longo do corredor esteve uma fila de macas com 60 pessoas a aguardarem internamento na tarde de segunda-feira.

O presidente explica que o hospital tem neste momento 21 camas ocupadas com casos sociais, um número elevado e inédito e, por outro lado, o hospital está a crescer com novas especialidades e mais médicos.

O hospital vai tentar resolver este problema no próximo ano, com a abertura de mais de 50 camas de internamento, mas, entretanto, o hospital terá de se sujeitar a transferir doentes para outras unidades.

+ Vídeo
+ Vistas