Sociedade

Madeira sob aviso laranja e nove distritos do continente a amarelo devido à chuva

26 outubro 2022 8:11

miguel pereira da silva / lusa

O IMPA emitiu aviso amarelo por causa da chuva para os distritos de Viana do Castelo, Braga e Porto entre as 12:00 e as 21:00 de hoje; e para Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Lisboa, Évora e Setúbal até às 09:00 de hoje.

26 outubro 2022 8:11

A ilha da Madeira está hoje sob aviso laranja e nove distritos do continente a amarelo devido à previsão de chuva, por vezes forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

A ilha da Madeira vai estar sob aviso laranja entre as 15:00 e as 18:00 de hoje, passando depois a amarelo até às 00:00 de quinta-feira devido a previsão de chuva forte e acompanhada de trovoada.

Ainda no arquipélago da Madeira, o Porto Santo vai estar também sob aviso amarelo devido à chuva entre as 12:00 de hoje e as 00:00 de quinta-feira.

O IPMA emitiu também aviso amarelo por causa da chuva para os distritos de Viana do Castelo, Braga e Porto entre as 12:00 e as 21:00 de hoje e para Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Lisboa, Évora e Setúbal até às 09:00 de hoje.

O aviso laranja indica situação meteorológica de risco moderado a elevado e o amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.
[07:40, 26/10/2022] Cristina Pombo: A idade avançada é o principal fator de mortalidade por Covid

Barcelona, 26 out 2022 (Lusa) - A idade é o principal fator de risco de mortalidade com covid-19, segundo um estudo conduzido em Espanha em que se analisaram dados de mais de 1.200 doentes com uma média de idades de 65 anos.

O estudo foi realizado com uma amostra de 1.246 pacientes e está publicado no Open Respiratory Archives, a revista científica da Sociedade Espanhola de Pneumologia e Cirurgia Torácica (SEPAR).

A pneumologista Irene Nieto, membro da SEPAR e primeira autora do estudo, explicou que o objetivo do estudo foi identificar os fatores que podem prever pacientes com risco mais elevado de morrer por covid.

Segundo Nieto, o nível de risco dos doentes com covid-19, que se pode manifestar em formas leves, moderadas ou severas, é essencial para encaminhar os doentes para o recurso de cuidados mais apropriado em função da sua evolução e gravidade, tais como unidades de cuidados respiratórios intermédios

Depois de recolher todos os dados médicos dos pacientes e de os analisar, descobriram que 168 pacientes, 13% do total da amostra, morreram durante a admissão hospitalar e que a maioria destas mortes foram de adultos mais velhos.

O estudo conclui que a idade mais avançada é o principal fator de mortalidade em doentes infetados por covid, embora o impacto dos reagentes (proteínas que aumentam ou diminuem durante a fase aguda da infeção) e o tipo de células do sangue sejam também fatores relevantes

Nieto salientou que "estas descobertas podem ser muito úteis para supervisionar pacientes com covid-19 na prática clínica e atribuí-los aos cuidados mais apropriados".

Os autores destacam no estudo que "modelos de aprendizagem automática de última geração podem proporcionar novos conhecimentos clínicos, uma vez que são capazes de detetar interações de ordem mais elevada entre as variáveis, nunca antes vistas".