Sociedade

Streaming: a extraordinária coragem de Aristides em cinco episódios

16 outubro 2022 17:42

d.r.

Nova série documental “Vistos para a Vida” estreia dia 19 na Opto. Ao longo de 37 entrevistas com depoimentos inéditos, os cinco episódios do documentário “Vistos para a Vida” contam a história de Olivia e da família real do Luxemburgo entre a de muitos outros refugiados, que foram salvos pela corajosa desobediência de Aristides Sousa Mendes. Um retrato do cônsul de Bordéus pela voz dos que sobreviveram ao horror da II Guerra e ao nazismo e, também, dos seus descendentes

16 outubro 2022 17:42

A musicóloga americana Olivia Mattis sabia, desde criança, que o pai devia a vida ao cônsul que emitiu vistos para toda a família no início da II Guerra Mundial. Os avós de Olivia, Lucie e Joseph Matuzewitz, viviam em Bruxelas e em 1940, quando perceberam que “a guerra era mesmo a sério”, decidiram fugir para os Estados Unidos com os três filhos. Nunca se adaptaram ao país de acolhimento e quando o conflito terminou, em 1945, começaram a planear o regresso à Europa: “O meu pai, Daniel, tinha 13 anos e disse aos pais que queria ficar nos Estados Unidos. A minha tia Blanche e o meu tio Henri também quiseram ficar e mudaram de nome, adotando o apelido Mattis quando o meu tio foi para o serviço militar. Eu nasci muitos anos depois, mas nunca ouvi o meu pai falar sobre a fuga da família ao nazismo. Era a minha avó que me contava histórias sobre a fuga da família, quando a via nas férias, mas eu estava poucas vezes com ela, pois os meus avós viviam em Genebra e eu em Nova Iorque. Cresci, os anos foram passando, cruzei-me com pessoas com percursos semelhantes ao da minha família e pensava: falta uma peça no puzzle da nossa história, não sabemos o nome do diplomata que passou os vistos que nos deram uma nova vida”, conta Olivia Mattis ao Expresso numa entrevista via Zoom.

A história de Olivia e da sua família cruza-se com as memórias de Peter Spett, William Wummer, Jorge Helft, Henri Dyner, Jerry Brunell, Ronald Brunell, Iva Polak Wummer, William Wummer, Elisabeth Andriesse, Gérard Karas, Ellis Verdi, Lucas Rossy e Henrique do Luxemburgo (grão-duque), entre outros.