Sociedade

Autarcas de Lisboa e Porto têm fundo europeu de 700 milhões de euros para investir nas linhas de metro e no metrobus

22 setembro 2022 10:11

rui duarte silva

Secretário de Estado da Mobilidade diz que nas áreas metropolitanas serão os autarcas a definir as prioridades de investimento, mas haverá “apostas noutras zonas do país”

22 setembro 2022 10:11

O presidente da Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, e o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, poderão indicar quais são as linhas prioritárias para poderem beneficiar de investimento. De acordo com o “Jornal de Notícias”, o novo quadro comunitário PT2030 tem cerca de 700 milhões de euros para expandir as redes do metro e de metrobus (autocarros rápidos em via dedicada) nas áreas metropolitanas das duas cidades.

“É bom lembrar que estamos, neste momento, com um plano de investimentos fortíssimo. Só nas áreas metropolitanas, o Metro do Porto tem em curso 830 milhões de euros e Lisboa 920 milhões. O PT2030 continua a ter previstas verbas para alocar ainda à criação destas redes ambiciosas, mas vamos ter de definir as prioridades” com os autarcas, refere o secretário de Estado da Mobilidade, Jorge Delgado. O governante garante que a lista de investimentos será concluída até ao final deste ano.

Jorge Delgado explica que a verba europeia não será apenas destinada a Lisboa e Porto. “Teremos, também, apostas noutras zonas do país”, acrescentou, dando o exemplo do metrobus de Braga. “Claro que está em equação” na lista de investimentos candidatáveis aos fundos europeus, refere.